Se gosta de música e até já tinha planeado uma viagem até Dublin, então não há como ficar de fora deste roteiro que nos guiará pelos caminhos menos óbvios da capital da República da Irlanda.

O maior nome da música de Dublin, é, indiscutivelmente, a banda U2, que já atuou em Portugal por seis vezes (1982, em Vilar de Mouros, 1993, 1997 e 2005 em Alvalade, 2010 em Coimbra e, por fim, 2018 no Altice Arena, em Lisboa). A banda liderada por Bono Vox tem 14 álbuns de estúdio editados e muita influência da sua herança e cultura irlandesa. Exemplo disso é a música "Sunday Bloody Sunday", que retrata um conflito politico-religioso entre o exército britânico e manifestantes irlandeses. Na base deste incidente estavam as diferentes crenças religiosas de católicos e protestantes e o acontecimento mais grave, retratado especificamente na música, provocou 14 mortos.

Portanto, se quiser seguir as pisadas dos U2, The Script, Boyzone, Westlife, The Corrs ou My Bloody Valentine por terras irlandesas, basta voar para Dublin.

1. Mount Temple Comprehensive School

Foi aqui que os quatro elementos se conheceram e ‘esboçaram’ os primeiros planos para a formação de uma banda. Em 1975, Larry Mullen Jr. colocou um anúncio no mural da escola à procura de interessados.

2. A fábrica da cerveja Guinness

Fabrica de cerveja Guinness, em Dublin
Fabrica de cerveja Guinness, em Dublin créditos: Nihcolas Babaian/Creative Commons BY-SA 4.0

Danny O'Donoghue e Mark Sheehan, dois dos três elementos da banda The Script, conheceram-se num bar da zona da Michael Street, perto da fábrica da Guinness. Por isso, já sabe, quando visitar a fábrica da Guinness, que é também um excelente museu interativo, saiba que esteve muito perto da origem da banda.

3. Loja de aparelhos auditivos

BONAVOX, o lugar que inspirou o nome do vocalista da banda
BONAVOX, o lugar que inspirou o nome do vocalista da banda créditos: Joho345/DP

Foi esta a loja que deu origem ao nome artístico de Paul Hewson, o vocalista da banda. Parece brincadeira, mas é a mais pura das verdades. Pode passar por lá para comprovar.

4. The Temple Bar

O Temple Bar é um animado bairro em Dublin, repletos de bares com música para todos os gostos com muitos bares e animação. Sabe qual a banda que andava a tocar por estes lado no início da formação? Os My Bloody Valentine. Não deixe também de visitar o bar com o mesmo nome.

5. Estúdio Hanover Quay

Antigo estúdio dos U2, adquirido na segunda metade dos anos 1990, situado perto das docas, nas margens do Rio Liffey. Atualmente é uma sala de espetáculos, o Grand Canal Theatre.

6. Capa do álbum "The Unforgettable Fire"

É dos seus discos preferidos dos U2? Então saiba que o castelo que figura na capa é real e chama-se Moydrum Castle, ficando a 100 quilómetros de distância da capital irlandesa.

7. Hotel The Clarence

O bar The Octagon, dentro do Hotel The Clarence
O bar The Octagon, dentro do Hotel The Clarence créditos: Wikimedia Commons

Sabia que Bono e The Edge são os proprietários deste boutique hotel que os dois adquiriram na década de 1990? Foi na cobertura deste edifício que a banda gravou o videoclipe para "Beautiful Day" (2000). Dizem que é o sítio onde é mais provável encontrá-los quando estão em Dublin, especialmente no bar, o "The Octagon", que funciona desde 1996.

8. Leo Burdock

É um restaurante muito simples, mas muito popular em Dublin, tudo devido aos deliciosos "fish & chips". Bono e Larry são clientes assíduos.

9. 3Arena

3Arena, em Dublin, à noite
3Arena, em Dublin, à noite créditos: Facebook oficial 3Arena

É a maior sala de espetáculos de Dublin. Por isso, se é amante de música, este é um espaço que não pode mesmo deixar de visitar — e aproveitar para assistir a um espetáculo — quando estiver de visita à capital irlandesa. Foi considerada a quinta arena mais "movimentada" do mundo. Adele, Ariana Grande ou Ed Sheeran foram alguns dos nomes que esgotaram esta sala, com capacidade para mais de 13 mil lugares.

10. Finnegan’s Pub

Quando Bono e The Edge estão na sua terra natal não deixam de ir beber um copo e falar de projetos futuros neste famoso pub. Já foram apanhados por uma multidão de fãs quando saíam de lá.

11. Kilmainham Gaol

É uma antiga prisão de Dublin e agora é gerida pelo governo irlandês. Muitos dos revolucionários irlandeses, incluindo líderes da Revolta da Páscoa de 1916, foram detidos e executados nesta prisão pelos britânicos. Os U2 gravaram aqui o videoclipe "A Celebration", em 1981. É possível fazer uma visita guiada, ideal até para conhecer mais sobre a história da Irlanda.

12. Hard Rock Café

Há muitos espalhados no mundo, mas este é muito emblemático, não tivesse ele guardado muitos items associados às bandas locais. Além disso, tem uma lista invejável de concertos ao vivo, muita animação e comida para partilhar com os amigos.

13. A residência de Bono

É um local de culto para os fãs da banda e principalmente do seu vocalista. Logo na entrada da mansão, podemos observar os portões cobertos de dedicatórias. Além disso, a peregrinação até à residência, numa encosta de uma colina na praia de Killiney, vale bem o passeio pela costa sul de Dublin.

14. Fitzwilliam Square

Foi ao redor desta bela praça que os U2 gravaram, em 1998, o videoclipe do remake "The Sweetest Thing", fazendo também parte do álbum de melhores êxitos "The Best of 1980-1990". Se é fã da banda, certamente já deve saber que este vídeo é um pedido de desculpas de Bono à sua mulher Ali, por se ter esquecido do seu aniversário. Isto aconteceu em 1987. Na altura compôs a música sendo um b-side da canção "Where the Streets Have No Name".

15. Museu de Cera de Dublin

Para aqueles que não querem deixar de ver os seus músicos favoritos, mesmo que não seja em carne e osso, então esta pode ser uma boa solução. Será que consegue enganar os seus seguidores nas redes sociais?

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.