Jorge Gabriel, que se encontra em isolamento profilátio por ter estado em contacto com Sónia Araújo, que está infetada com a Covid-19, mostrou-se profundamente indignado com o cenário que se viveu na manhã desta quinta-feira, dia 29 de outubro, na vila da Nazaré.

Após ter sido anunciado que se iriam verificar hoje ondas gigantes na vila portuguesa, uma milhares de pessoas juntaram-se para ver o fenômeno natural.

"Alguém me diz, por favor, se a pandemia acabou? O que é que me escapou? Estarei baralhado ou esta foto é de hoje na Nazaré? Será mesmo verdade que não se pode exigir que a multidão saia daquele local por motivos de saúde pública? Terei ouvido um regozijo do Presidente da Câmara por estar tanta gente junta a admirar as ondas? Assim isto vai acabar mal", lamentou o apresentador, que às suas palavras juntou uma fotografia que mostra a referida multidão.

Leia Também: Milhares concentrados para ver ondas. Nazaré proíbe acesso a Farol

Leia Também: Jorge Gabriel mostra o seu (fofinho) companheiro de confinamento

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.