Madonna está demasiado velha para cantar? Duas das maiores rádios inglesas acham que sim! Os responsáveis pelas duas emissoras britânicas estão, no entanto, longe de ser os únicos. Nas últimas semanas, a cantora de 60 anos foi criticada por surgir com decotes provocantes e minissaias nas apresentações em palco e ao lado do colombiano Maluma, 35 anos, quase metade da sua idade, com quem canta em dueto em "Medellín".

"Por uma razão ou por outra, tentaram sempre calar-me", desabafou a intérprete norte-americana em entrevista à revista Vogue. "Já me disseram que não era suficientemente bonita, que não cantava bem, que não era suficientemente talentosa... Agora, é porque não sou suficientemente jovem. Estou, neste momento, a combater a discriminação por causa da idade porque estou a ser castigada por ter feito 60 anos", lamenta a cantora.

Num vídeo promocional da entrevista, divulgado há pouco mais de duas horas, Madonna interpreta um pequeno excerto do refrão de "Sodade" da cantora cabo-verdiana Cesária Évora e explica (novamente) por que decidiu mudar-se para Portugal no verão de 2017. "Foi mais uma das coisas loucas que fiz. O meu filho David [Banda] queria jogar futebol profissional, o que nunca aconteceria na América", acredita.

"Acabei, assim, a ser a mãe de um jogador de futebol em Lisboa", afirma a intérprete de êxitos globais como "Express yourself", "Like a virgin" e "American life" que, no próximo dia 18, atua no Festival Eurovisão da Canção, que este ano, depois da vitória da israelita Netta em Lisboa, se realiza em Telavive. No início de 2020, Madonna estreia-se no Coliseu dos Recreios, sala de espetáculos da cidade onde acaba de comprar duas casas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.