Morreu a 23 de julho a jornalista e escritora Patricia Kennealy-Morrison, ex-mulher de Jim Morrison - vocalista dos Doors. Tinha 75 anos.

A informação é agora revelada pela imprensa norte-americana, que dá conta de que Patricia foi encontrada sem vida no seu apartamento, em Nova Iorque, vítima de doença cardíaca.

Patricia Kennealy-Morrison foi uma das primeiras jornalistas de música rock, tendo ajudado a cimentar o caminho das mulheres no jornalismo musical.

Foi enquanto editora da revista Jazz & Pop, no final dos anos 60, que entrevistou Jim Morrison, músico com quem veio a ter uma relação amorosa de um ano.

Jim Morrison morreu a 3 de julho, em 1971. Oito anos depois, em 1979, a jornalista acrescentou o sobrenome Morrison ao seu nome.

Patricia Kennealy-Morrison escreveu em 1992 um livro de memórias sobre a época vivida ao lado de Jim Morrison: 'Strange Days: My Life With and Without Jim Morrison'.

Leia Também: Morreu a pianista Elisa Lamas, que marcou gerações de músicos portugueses

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.