Jacqueline Avant, mulher do homem que é considerado o "Padrinho da Música Negra", foi alvejada e morta em casa, na madrugada desta quarta-feira.

A polícia de Beverly Hills respondeu a um alerta relativo a um tiroteio na casa de Jacqueline e Clarence Avant, por volta das 2h23 da manhã. Jacqueline, de 81 anos, foi transportada para o hospital mas não sobreviveu.

O Co-CEo da Netflix, Ted Sarandos, que é genro da vítima, confirmou a sua morte, refere a NBC.

A polícia de Beverly Hills afirmou que foi aberta uma investigação de homicídio, não havendo ainda detidos.

A vítima é a mulher de Clarence Avant, um executivo musical americano, empresário e produtor de cinema, que é conhecido como 'The Black Godfather' [Padrinho da Música Negra].

Leia Também: Sara Matos mostra um pouco mais do rosto do filho em novo vídeo

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.