Vanessa Martins partiu hoje para Milão, Itália, viagem que começou com alguns percalços.

A influencer digital deixou um recado sobre a companhia aérea que escolheu, lamentando o facto de não a terem avisado sobre a necessidade do uso de um tipo específico de máscara.

"Um facto sobre viajar na Easyjet: não deixam viajar com máscara normal. Comprei fast track e estava na fila, quando foram verificar os bilhetes ninguém pergunta pela máscara. Mas quando chegamos à porta para embarcar dizem que tem que ir comprar uma. Ok… onde? Na Ale-hop. Ok… chego à loja e essas máscaras encontram-se estrategicamente no fundo da loja para nos fazer percorrer tudo, não vá querermos levar mais de última hora", relata.

"Conclusão: saí da fila (lá se foi o fast track), colaborei com o negócio paralelo em comprar a máscara a 1 euro (ótimo para a loja porque é a única no aeroporto que vende)", nota.

"Enfim… está tudo bem. Sobrevivo. Mas não concordo. Não é pela máscara ou pelo euro. É pela incompetência e por darem este trabalho todo que podia ser logo evitado no primeiro contacto com o passageiro e não só na entrada do avião. Comprei roxa para afastar o mau olhado!", termina.


© Instagram - Vanessa Martins

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.