Há 160 estudantes do ensino superior inscritos na plataforma “Universitários contra a Pandemia” que estão disponíveis para tirar dúvidas a crianças desde o 1.º ao 9.º ano de escolaridade.

O projeto nasceu há exatamente um mês e tem, neste momento, 65 alunos a serem apoiados, contou à Lusa Sara Amorim, uma jovem de 18 anos que criou a iniciativa em Portugal.

Há “explicadores” para todas as disciplinas e anos de ensino e até há bastantes voluntários com horários por preencher, basta que as famílias se inscrevam na plataforma, explicou.

Depois, as famílias e os voluntários escolhem o melhor horário e as matérias a ensinar. Sara Amorim, por exemplo, é agora explicadora de um rapaz do 3.º ano que vive em Leiria. Através do zoom, Sara dá explicações de Inglês uma vez por semana.

Sara Amorim estava no 1.º ano do curso de Gestão Internacional, na Universidade de Warwick, no Reino Unido, quando a pandemia a obrigou a regressar a Portugal. Já em casa, no Porto, descobriu uma iniciativa dos estudantes universitários espanhóis e começou a imaginar reproduzir o projeto em Portugal.

“Nós queremos ajudar mas não temos quaisquer qualificações para dar apoio nos serviços de saúde, que são quem mais precisa neste momento, ou outros serviços, mas podemos ajudar alunos mais novos a estudar”, contou à Lusa a estudante de 18 anos.

Através das redes sociais contactou os alunos portugueses a estudar em Inglaterra e houve duas alunas que se entusiasmaram com a ideia: Teresa Magalhães, também do 1.º ano do curso de Economia, e Sofia Abecassis Saldanha, do 1.º ano de Política e Relações Internacionais.

As três jovens arrancaram com o projeto a 31 de março e em apenas um mês têm já 160 voluntários dispostos a ajudar os alunos mais novos e este momento aguardam apenas ser contactados por quem precisa.

As escolas estão encerradas desde 16 de março como forma de conter a disseminação do novo coronavírus e só no próximo ano letivo deverão ser retomadas as aulas presenciais para os alunos do ensino básico.

Até lá, os cerca de 850 mil alunos do 1.º ao 9.º ano têm aulas através do ensino à distância e do programa televisivo #Estudoemcasa, que funciona todos os dias na RTP Memória.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.