Com as atenções do mundo sobre a Expo 2020 Dubai, a AORP - Associação de Ourivesaria e Relojoaria de Portugal assinala a Semana da Joalharia Portuguesa no Pavilhão de Portugal, de 19 a 25 de fevereiro, com a apresentação da mais recente campanha de promoção internacional, Travessia, com vista ao impulso das exportações do setor, que representam atualmente um volume na ordem dos 110 milhões de euros.

Neste âmbito, será lançada a coleção de joias Crossings, criada especialmente para o momento, com a contribuição de cinco marcas de joalharia portuguesa, que representam a nova geração de um setor que, respeitando a essência da joalharia nacional, investe em inovação e tecnologia para se projetar além-fronteiras.

Inspirada pelo Mar como fio condutor da Travessia, a coleção de joias estabelece pontes de cocriação entre cinco marcas e cinco talentos portugueses de destaque nas áreas da arte, da cultura e do desporto. São eles: Jéssica Pina, cantora e trompetista, em conjunto com a Tavares 1922, Gustavo Ribeiro, skater com medalha de bronze no Campeonato Mundial de Skateboarding 2019 em skate de rua, em conjunto com a Mesh,  Gaspar Varela, guitarrista, com a Farilu,  Blaya, artista musical, em parceria com a Juliana Bezerra Jewellery e Rafael Morais, ator, como parceiro da Magajoias.

O objetivo é que esta coleção exclusiva represente a capacidade de execução da indústria nacional na criação de peças inovadoras, no conceito e na forma - uma joalharia 4.0 preparada para responder às exigências do mercado da moda e do design e à altura de qualquer desafio.

As premissas de uma coleção que aproxima o futuro do setor

São vários os estudos que revelam a emergência de uma nova geração de consumidores no setor da joalharia. A geração Z, que compreende a faixa etária dos 15 aos 25 anos, marca já uma forte presença no mercado e impõe-se como a mais assídua nas redes sociais, nomeadamente, através do WhatsApp, do WeChat, do Instagram e do Tik Tok.

Prevê-se, também, que será esta a geração mais consumidora de joias com diamantes após 2025, segundo a De Beers Group, no seu mais recente Diamond Insight Report, onde refere que cerca de 2.6 biliões de pessoas ou 35% da população mundial (a parcela equivalente a esta geração) atingirá a maioridade como consumidores de diamantes nas próximas décadas.

Soma-se ainda o universo masculino que, cada vez mais, consome joias como peça fundamental na sua afirmação pessoal.

Da Arte, da Cultura e do Desporto para as cocriações mais singulares

Blaya x Juliana Bezerra

Blaya x Juliana Bezerra
Blaya x Juliana Bezerra créditos: Crossings

Inspiração Juliana Bezerra: A joalheira Juliana Bezerra colabora com a artista Blaya no lançamento da peça ‘Jardim de Corais’, uma joia inspirada no mar e na contemporaneidade. Os brincos recriam a forma de uma anémona e imitam as cores dos corais através de pedras como as granadas, as turmalinas, as zircónias e hematitas.

Na superfície em prata com banho de ouro lemos as inscrições ‘Só Love’ e ‘Me Domina’, títulos de músicas de Blaya gravados. Os elementos da Natureza fundem-se com o poder da feminilidade da cantora e ganham uma nova força e excentricidade”.

Gustavo Ribeiro x Mesh

Gustavo Ribeiro x Mesh
Gustavo Ribeiro x Mesh créditos: Crossings

Inspiração Mesh: Inspirados pelo talento e dedicação do Gustavo Ribeiro, surge a colaboração com o jovem skater que vai dá lugar a uma peça única com a sua assinatura.

Um anel elegante e imponente, onde as zircónias representam o brilho do seu percurso e as formas o movimento das suas manobras, que o colocaram na elite mundial do Skate.

Gaspar Varela x Farilu

Gaspar Varela x Farilu
Gaspar Varela x Farilu créditos: Crossings

Inspiração Farilu: A criação do anel foi conjunta entre o Gaspar Varela e a Farilu, após uma conversa sobre como o Gaspar deseja “espalhar” o som tão tradicional da guitarra portuguesa, pelo mundo e pelas novas gerações.

O formato de gota do anel faz referência a Voluta, a parte de cima da guitarra, e a forma “fluída” do aro do anel, ao movimento de alastrar e divulgar esse som/instrumento”.

Jéssica Pina x Tavares 1922

Jéssica Pina x Tavares 1922
Jéssica Pina x Tavares 1922 créditos: Crossings

Inspiração Tavares 1922: Inspirados no mote desta campanha, “Travessia” e este molusco marinho, criamos para a reconhecida trompetista Jéssica Pina uma joia singular, onde pretendemos promover o encontro entre a matéria e a obra, sendo a concha o elemento de ligação entre o Mar, A Música e a Ourivesaria.

Esta interpretação de joalharia foi criada através de desenho manual com o apoio de técnicas e equipamentos de alta tecnologia, não abdicando da importância da manualidade e do saber ancestral dos nossos mestres ourives que fazem parte do ADN da nossa empresa centenária. Uma peça única e assinada por Jéssica Pina, Sílvia Agra (designer da Tavares1922) e a marca T22”.

Rafael Morais x Magajoias

Rafael Morais x Magajoias
Rafael Morais x Magajoias créditos: Crossings

Inspiração Magajoias: “Sendo o mote “Mar”, procuramos inspiração nos instrumentos náuticos usados há séculos um pouco por todo o mundo. Procurei criar uma tensão entre a esperada função de um telescópio marinho e a de um caleidoscópio, porque acredito que a forma como vemos o mundo depende muito da “lente” usada pelo observador.

"Ao introduzir esta lente, ou simbolicamente esta lágrima, que manipula o efeito visual a cada movimento, procuro levantar questões e mudar perceções pré-definidas sobre heróis e vilões, oprimidos e opressores, colonizados e colonizadores”.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.