Desta forma, não é demais recordar os procedimentos a seguir nos espaços comerciais. A reter que as superfícies comerciais estão a controlar, à entrada, o número de clientes que circulam no interior da loja (portaria nº 71/2020). No limite na loja (comércio a retalho) não pode ter uma ocupação simultânea superior a quatro pessoas por cada 100 metros quadrados, excluindo os trabalhadores e prestações de serviços.

Estão-se a verificar filas de espera à entrada dos estabelecimentos, impondo-se a regra de dois metros de salvaguarda entre os consumidores.

Antes da ida ao supermercado:

Antes da deslocação à superfície comercial, retenha o apelo deixado pela Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição:

- Idosos, crianças e grupos de risco devem evitar ir ao supermercado ou hipermercado.

- Tente que apenas uma pessoa por família se dirija às lojas.

COVID-19: Entradas controladas, grupos prioritários e limitações. Tudo o que mudou dentro dos supermercados
COVID-19: Entradas controladas, grupos prioritários e limitações. Tudo o que mudou dentro dos supermercados
Ver artigo

- Ao tossir ou espirrar, não use as mãos, mas sim um lenço de papel ou o antebraço.

- Tente sempre pagar com cartão para evitar contactos desnecessários.

Certifique-se dos novos horários das superfícies comerciais, como aqui é explicado.

Ainda antes da visita à loja, prepare uma lista de compras para vários dias, seguindo as indicações que aqui deixamos. Isto não significa açambarcar, antes efetuar compras racionais. A distribuição e reposição dos bens alimentares não está em causa. Isso mesmo garantiu o presidente da CAP, Eduardo Oliveira e Sousa, ao afirmar que “há um esforço com as próprias cadeias das áreas de distribuição superficiais, sejam elas grandes, sejam pequenas, para que não haja quebra de abastecimento de produtos” (nomeadamente sobretudo de frescos como frutas, legumes, leite, carne e ovos).

supermercado

As cadeias de distribuição corroboram esta declaração, como podemos ler, por exemplo, no anúncio da Auchan (detida pela Ceetrus Portugal) ao afirmar “da nossa parte, asseguramos que tudo faremos para que o fornecimento e reposição de produtos tanto nas nossas lojas como online seja feito de forma regular”.

Durante a visita ao supermercado:

Já no espaço loja, confirme à entrada se estão a disponibilizar gel hidroalcoólico e papel para uso dos clientes.

Procure levar os seus próprios sacos de compras de casa. Evite os carrinhos de compras e os cestos. Ainda antes da compra confirme que tem consigo os cartões de débito/crédito, preferênciais no momento do pagamento.

Dentro da loja mantenha a distância de segurança face aos outros consumidores (no mínimo 1,5 metros), procure não manipular os alimentos (por exemplo, fruta e vegetais).

Se acaso escolher fruta/vegetais a granel faça-o sempre com uma luva descartável ou com um saco de plástico (descarte-os assim que usados).

Em situação alguma tussa sem resguardar num lenço ou na curva interior do braço.

Interiorize que não deve tocar no rosto no período em que se desloca à loja (inclui o sair e chegar a casa).

visa

E para pagar?

Atualmente há métodos de pagamento que obstam a contacto próximo entre consumidores e funcionários da loja. Um deles, através da utilização do telemóvel para registo dos bens, assim como para finalizar a compra.

Procure não usar dinheiro em espécie. Prefira os pagamentos por meios eletrónicos.

Na fila de espera para pagar mantenha a distância de segurança (caso não use uma das caixas self-service).

Chegados a casa:

Há que lavar de imediato as mãos, antes de qualquer outra atividade. A regra de ouro: fazê-lo com água corrente e sabonete/sabão sempre mais de 20 segundos.

A página da Organização Mundial de Saúde traz informação pormenorizada sobre como lidar com o COVID-19.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.