Ponche é, por natureza, uma bebida festiva, onde não falta a fruta, uma base alcoólica e uma generosa porção desta receita, servida numa taça (pode usar uma saladeira). Originalmente, a bebida nasceu na Índia, chegando a Inglaterra no século XVII, onde se popularizou para expandir o seu consumo a outros países.

Na sua mesa de Natal, seja na consoada ou no almoço de dia 25, não dispense a presença de uma (ou várias) garrafas de vinho do Porto. A maioria dos doces de Natal combinam com vinho do Porto, já para não falar dos queijos, habitual presença à mesa nesta época.

Mas também pode inovar com vinho do Porto. Por exemplo, pode preparar um Ponche de Vinho do Porto Rosé para dar as boas vindas aos seus familiares e amigos.

Acresce que é de facílima preparação. Só vai precisar de uma parte de vinho do Porto Rosé; uma parte de sumo de romã; ½ parte de Espumante Natural Bruto; frutos vermelhos (bagas); folhas de menta (sem abusar) ou hortelã. Pode terminar com algumas rodelas fininhas de laranja para dar um toque cítrico à bebida.

Considere como uma parte, por exemplo, a quantidade de líquido que leva a um flute. Pode, depois, multiplicar proporcionalmente pelo número de convidados.

Todos os ingredientes devem estar frios.

Se, opcionalmente, gostar do seu ponche bem frio, acrescente-lha algumas pedras de gelo.

Junte tudo numa saladeira grande, caso não tenha a taça para Ponche, e mexa. Sirva em pequenas canecas de vidro ou em copos.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.