Nesta harmonização entre vinhos e queijos, uma dica básica – e que faz toda a diferença – é ter sempre em mente que o sabor do queijo não se deve sobrepor ao aroma do vinho (e vice versa).

10 passos para compor uma tábua de queijos irresistível
10 passos para compor uma tábua de queijos irresistível
Ver artigo

Por isso, não deverá servir um vinho tinto encorpado com um queijo de intensidade leve ou servir um vinho branco de intensidade suave para acompanhar um queijo com sabor picante e marcante.

O que aqui deixamos são apenas dicas, não devem ser interpretadas como “regras” pois cada queijo, assim como cada vinho, tem características únicas que poderão variar não só dentro do grupo no qual estão integrados mas também consoante o produtor e ano de produção.

1. Queijos frescos e macios:

Com alto teor de humidade, aroma suave e, muitas vezes cítrico, combinam com vinhos brancos leves, secos, frutados e refrescantes, com acidez elevada (para equilibrar com a acidez dos queijos) – por exemplo,  Sauvignon Blanc, Chardonnay, Albariño, Muscadet ou vinhos espumantes.

2. Queijos semiduros:

A ligeira doçura que estes queijos apresentam faz com que resultem, lindamente, com vinho branco aromático ou com um vinho tinto leve e frutado – por exemplo, Pinot Noir.

3. Queijos duros:

O aroma intenso e marcante dos vinhos duros faz com que a harmonização de “excelência” seja com vinho tinto encorpado – por exemplo, Chianti ou Bordeaux – especialmente quando servidos no final da refeição para conseguir acompanhar a intensidade e aroma marcante destes queijos.

Também podem ser acompanhados por um vinho espumante seco ou champanhe quando servidos como aperitivo ou fora da refeição.

4. Queijos azuis:

Queijos “salgados” por excelência, podem ser acompanhados por alguns vinhos tintos encorpados (tal como os queijos duros) mas a combinação perfeita é com vinhos doces dado o contraste doce versus salgado.

O Vinho do Porto é uma excelente opção por reforçar o aroma salgado dos queijos azuis.

Por isso, não deixe de acompanhar um Stilton com um Porto Vintage, uma fatia de Roquefort com Sauternes ou Gorgonzola com Porto Tawny.

Cábula para os vinhos, algumas castas e os queijos que vão acompanhar.

VINHO TINTO

Pinot noir: Gouda, Feta, Suíço.
Merlot: Gorgonzola, Brie, Camembert, Cheddar.
Cabernet Sauvignon: Queijos azuis, Camembert, Cheddar.

VINHO BRANCO

Chardonnay: Brie.

Sauvignon Blanc: Chèvre, Gouda, Gruyère, Camembert, Mozzarela.

Pinot Gris: Chèvre, Gouda, Edam, Ricota, Requeijão.

VINHO ESPUMANTE /CHAMPANHE

Edam, Brie, Camembert, Beaufort.

VINHO DO PORTO 

Queijos azuis (Porto Tawny). Queijo da Serra (Porto Vintage ou Ruby).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.