Casa produtora de vinho desde 1880, a Ervideira inicia mais uma campanha de vindimas com um convite a quem procura nos néctares um pretexto para visitar o Alentejo. Para além dos visitantes terem a oportunidade de fazer as provas dos mostos em fermentação e conhecer algumas das tecnologias de fermentação para brancos, tintos e rosés, contam com programas como as “provas cegas de vinho testemunha”, o “ser enólogo por um dia” e o “piquenique”.

De acordo com o produtor com vinhas nas sub-regiões de Vidigueira e Reguengos, “o programa de eleição desta altura do ano é o ‘100 Pés’ que, para além da visita à adega e prova dos vinhos em fermentação, oferece também a participação na elaboração do vinho 100 Pés, totalmente pisado pelos visitantes”.

Pisar uva, participar em provas cegas e em piqueniques. As vindimas no Alentejo prometem
créditos: Ervideira

No que respeita aos vinhos que resultarão da uva vindimada em 2021, de acordo com Duarte Leal da Costa, Diretor Executivo da Ervideira, “este ano foi atípico e não tivemos aqueles dias quentes com 40 ºC. Isso permitiu às plantas não pararam de fazer fotossíntese, possibilitando-lhes uma maturação muito boa e contínua, o que faz com que as vindimas sejam mais cedo e de elevada qualidade”.

“Desde 2000 que na Ervideira a colheita acontece apenas à noite, para se poder colher as uvas com temperaturas mais baixas e sem luz, de forma a reduzir efeitos de fermentações e oxidações indesejadas, preservando o elevado potencial das uvas”, informa o produtor.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.