“Os casinos de Macau irão acrescentar uma série de medidas de prevenção epidémica, designadamente exigindo a todas as pessoas que entrem nas áreas dos casinos, incluindo clientes, trabalhadores dos casinos e trabalhadores dos serviços públicos, a exibição de certificado negativo de teste de ácido nucleico, realizado nas últimas 48 horas”, indicou a DICJ.

Por outro lado, os trabalhadores dos casinos são obrigados a apresentar diariamente o resultado negativo de um teste rápido de antigénio.

As novas medidas surgem num momento em que Macau vive o pior surto desde o início da pandemia de covid-19, contabilizando mais de 400 casos em pouco mais de uma semana.

Nesse período, foram realizadas três testagens a toda a população, a última das quais terminou hoje, com a deteção de novos casos, indicaram as autoridades de saúde em conferência de imprensa.

Macau segue a política de ‘casos zero’ definida no interior da China.

Há zonas da cidade isoladas, milhares de pessoas em quarentenas forçadas e mantêm-se fortes restrições fronteiriças.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.