O EXPERT 3D envolve o Hospital Sant Joan de Déu de Barcelona (líder do projeto), a Philips Electronics Nederland BV (Holanda) e o Institut de Formació Contínua IL3 (Espanha), refere o CHUC, em comunicado enviado hoje à agência Lusa.

Financiado pelo programa EIT Health com 353 mil euros, o projeto pretende aumentar as competências a profissionais da área da saúde, médicos radiologistas, bioengenheiros, cientistas da computação e técnicos superiores de diagnóstico, através do uso de tecnologias digitais disruptivas (inteligência artificial e impressão 3D).

"Vai permitir aos profissionais adquirir conhecimento, capacidades e discernimento na aplicação de investigação e inteligência artificial no domínio da imagiologia médica e, ao mesmo tempo, obter conhecimentos gerais sobre anatomia radiológica, bem como identificar atuais e futuras necessidades clínicas", explica o comunicado.

Segundo o CHUC, o pós-processamento digital das imagens "vai permitir a criação de modelos computacionais altamente precisos, específicos de cada doente, de órgãos e de tecidos, e a obtenção de informações funcionais e até mesmo moleculares, essenciais para o desenvolvimento de novos modelos de inteligência artificial médica".

O programa EIT Health é suportado pela Comissão Europeia e pelo Instituto Europeu de Inovação e Tecnologia (EIT), sendo um dos mais abrangentes e importantes iniciativas mundiais na área dos cuidados de saúde no espaço europeu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.