"Não vendemos em Portugal as linhas de protetores solares em aerossol específicas afetadas por esta retirada voluntário", informa a J&J em comunicado enviado ao SAPO Lifestyle.

Segundo a J&J, foram identificados baixos níveis de benzeno em algumas amostras dos produtos. O benzeno é classificada como uma substância cancerígena para o ser humano segundo a IARC (Agência Internacional de Pesquisa em Cancro).

"Embora o benzeno não seja um ingrediente constituinte de nenhum dow nossos produtos de proteção solar, o mesmo foi detetado em algumas amostras de produtos de proteção solar em aerossol", admite a empresa.

Já escolheu o seu protetor solar? Estes são os 10 melhores de 2021
Já escolheu o seu protetor solar? Estes são os 10 melhores de 2021
Ver artigo

"Não se espera que a exposição diária ao benzeno nesses produtos de proteção solar em aerossol nos níveis detetados nos nossos testes cause consequências adversas à saúde", acrescentou a J&J.

Os protetores solares em causa são da gama Neutrogena Beach Defense, Neutrogena Cool Dry Sport, Neutrogena Invisible Daily Defense, Neutrogena Ultra Sheer e Aveeno Protect + Refresh.

Apesar da deteção de níveis baixos da substância, a empresa decidiu retirar do mercado todos os lotes desses produtos de proteção solar em aerossol como medida de precaução.

A J&J aconselha ainda consumidores a suspenderem a utilização dos referidos produtos e a descartá-los adequadamente.

Estes são os sintomas de cancro mais ignorados pelos portugueses

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.