Qual o ingrediente essencial para poupar dinheiro?

Se quer poupar e rentabilizar as suas poupanças existe um ingrediente essencial. Para poupar dinheiro temos de mudar alguns hábitos de vida. É natural que seja muito difícil poupar se não nos adaptarmos a uma realidade em que teremos menos dinheiro disponível hoje, para podermos ter mais dinheiro no futuro. Assim, esteja preparado para fazer uma alteração aos seus hábitos.

Por que não deve fazer depósitos a prazo?

Bem… cada pessoa faz o que quiser ao seu dinheiro. No entanto, ao aplicar o seu dinheiro em depósitos a prazo o que estará a fazer, nos dias que correm, é colocar o dinheiro “na prateleira”. Isto porque a maioria dos depósitos a prazo dão-lhe taxas de juro tipo… zero? Qual o motivo que justifica estarmos a emprestar dinheiro se não somos pagos?

Porque deve escolher outro sítio para o seu PPR?

A par da queda das taxas de juro dos depósitos, assistimos nos últimos anos à queda das taxas de juro que os PPR nos concedem, na sua tipologia de capital e taxa de juro garantidos. No entanto, mais uma vez, as principais companhias de seguros estão a limitar as taxas e mesmo a limitar as aplicações financeiras que conferem uma taxa de retorno garantida.

Qual a alternativa?

Se está à procura de alternativas para aplicar as suas poupanças com horizontes de investimento de longo prazo, os seguros financeiros e os seguros de capitalização podem ser os seus aliados. Na prática, podemos destacar algumas características destes produtos:

  1. Aplicações em formato de seguro de vida, pensadas para o investimento no médio e longo prazo, conferindo benefícios fiscais muito interessantes na hora de levantar o seu capital;
  2. Flexibilidade de entregas;
  3. Possibilidade de garantia de capital e de retorno.

Como irá perceber, a grande valia destas aplicações financeiras é a tributação dos ganhos. Neste campo, temos:

  • Só paga imposto quando levantar o capital, ao passo que nos depósitos renováveis paga impostos sempre que se dá a renovação;
  • Taxa de imposto mais reduzida, podendo aproximar-se de 11.2%.

Como escolher um seguro de capitalização?

Para escolher o melhor seguro de capitalização para o seu caso específico deverá ter em atenção quer a credibilidade da companhia de seguros quer as características do produto e a sua adequação aos seus objetivos (horizonte de investimento, perfil de risco, entre outros). Não existe um produto que seja adequado a todas as pessoas pelo que é fundamental pesquisar, procurar toda a informação necessária e depois ser consequente. Nunca se esqueça que uma diferença de um ponto percentual em 10 anos pode representar muitos euros acumulados no final do prazo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.