A sua prestação do crédito habitação é a despesa mais importante do orçamento familiar. Recomenda-se que a mesma não seja superior a 30% do rendimento do agregado familiar, mas sabemos que muitas famílias portuguesas têm dificuldades em pagar o empréstimo da compra da casa.

Sendo um bem essencial e a compra mais "cara" de uma vida, é natural que este empréstimo seja feito com muita pesquisa e comparação, para garantir a melhor proposta.

Atualmente, mesmo para quem já tem casa, é possível ter melhores condições de financiamento do crédito habitação. Com a liquidez dos bancos e o dinheiro mais barato, as famílias que pretendem baixar as suas prestações mensais do crédito habitação podem tentar fazê-lo através da transferência do crédito habitação.

O que é a transferência do crédito habitação?

A transferência de crédito habitação é a realização de uma nova escritura com condições de financiamento mais vantajosas para o consumidor. Ao renegociar o spread ou os produtos associados ao contrato, pode reduzir os juros a pagar ao banco e poupa milhares de euros no final do contrato.

Quais as vantagens de fazer uma transferência de crédito habitação?

  1. Sem dúvida que a primeira vantagem é uma folga do orçamento familiar. Se pagar menos de prestação, fica com mais rendimento disponível para poupar e ter uma vida financeira mais saudável.
  2. Uma outra vantagem tem a ver com o contexto atual. O clima económico está positivo e os bancos estão a baixar o spread para mínimos de 1%. Para quem comprou casa nos últimos cinco anos e tem spreads acima dos 1,5%, é possível diminuir a prestação mensal e não pagar mais juros no final do contrato.
  3. Uma última vantagem é poder verificar os produtos e serviços contratados no contrato. Por vezes, os serviços adicionais podem encarecer as prestações mensais, pelo que uma pequena revisão do spread e dos seguros de vida e multi-riscos podem fazer a diferença na prestação mensal.

Tenha atenção a escrituras feitas antes de 2011

Para este tipo de escrituras, poderia deduzir as prestações do crédito habitação no IRS. Contudo, se faz essa dedução e ao efetuar a transferência de crédito habitação, deixará de poder fazer essa dedução.

Apesar de perder o benefício de poder deduzir a prestação do seu crédito habitação, ao transferir o mesmo, a poupança gerada neste processo acaba por compensar monetariamente.

Avalie o seu orçamento familiar e veja como pode reduzir as despesas para poder viver com mais rendimento disponível.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.