O Dia do Beijo é celebrado internacionalmente no dia 13 de abril, mas muitas são as histórias que remontam à sua origem.

Reza a lenda que esta celebração é inspirada numa história italiana e num jovem chamado Enrique Porchelo. O charmoso italiano era conhecido por roubar beijos a todas as mulheres da sua vila e, farto deste decoro, o padre da paróquia prometeu oferecer um saco de moedas de ouro à mulher que nunca teria sido beijada por Enrique.

A verdade é que o tesouro nunca chegou a ser reclamado e está escondido num lugar secreto em Itália, à espera de ser encontrado. A lenda diz que tudo isto aconteceu no dia 13 de abril de 1882.

Será por isso que celebramos este dia? Ou será antes pelo facto do beijo ser a epítome de amor e carinho que temos por parceiros, familiares e amigos?

O beijo tem várias simbologias e significados, já desde a Idade Média, mas na nossa cultura o beijo significa afeto pelo outro - um beijinho na cara, na boca, na testa ou na mão. Entre amigos é normalmente um cumprimento e entre casais é um momento apaixonado, símbolo do romance entre os dois.

Pensa-se que o ato de beijar alguém terá iniciado em rituais religiosos do antigamente, e inclusive podemos ter exemplos disso nos casamentos atuais, em que os noivos se beijam no dia do casamento para celebrar a união. Também na cultura Persa, os homens cumprimentavam-se com beijos na boca, para simbolizar a sua classe social, sendo ainda comum em algumas culturas os familiares masculinos se cumprimentarem com beijos. Os beijos na mão são também sinal de respeito.

Os tipos de beijo mais divertidos

Para além dos já falados e bastante conhecidos por todos nós (podemos também falar dos beijos de língua que fizeram a primeira aparição no cinema em 1926, no filme “A Carne e o Diabo” e chocaram o mundo?) há outros tipos de beijos que devemos conhecer:

O beijinho esquimó: dá-se ao se tocarem narizes, uma vez que os esquimós estavam agasalhados e apenas com os narizes de fora, esta era a única forma de demonstrar carinho;

O beijinho borboleta: usam-se as pestana, com o abrir e fechar do olho, para fazer cócegas na cara do outro;

O beijo de Hollywood: normalmente tem uma encenação por trás e é usado para espantar e causar impacto. Quem decide dar o beijo terá de agarrar a outra pessoa pela cintura e inclinar-se para trás num beijo apaixonado - está a ver como se faz?

Mas porque celebramos este dia? Na verdade, existe uma razão física e mental para partilharmos beijos - usamos 29 músculos durante um beijo apaixonado e libertamos toxinas de bem-estar, que são boas para a saúde e prolongam a esperança média de vida. Pode gastar até 29 calorias por minuto dando um beijo.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.