Catarina Furtado usou as histórias da sua conta de Instagram para se pronunciar sobre a trágica morte de Amélie, uma jovem de 16 anos, do Porto, que estava desaparecida até ontem, 18 de janeiro.

Amélie Battle Bastos, conforme referiu a mãe, "estava há um ano em tratamento psiquiátrico de depressão".

Tendo isto em conta, a apresentadora deixou a semana mensagem:

"Todos, de alguma forma, temos responsabilidade. A saúde mental é para cuidar sem preconceitos, sem olhares de lado, com empatia e real sensação de que não existe perfeição e de que conquistas e os sucessos fazem parte de um caminho individual.

A sociedade pode estar ao serviço do bem e perde tanto tempo a provocar o mal.

A opção é nossa! Vamos promover conteúdos que despertem o melhor de nós! Para que possam cuidar melhor uns dos outros. É só isso que interessa. O amor.

Um abraço à família da Amélia que não conheço, mas com quem estou tão solidário numa dor infinita que não imagino".

Notícias ao Minuto


© Instagram - Catarina Furtado

--

Se estiver a sofrer com alguma doença mental, tiver pensamentos auto-destrutivos ou simplesmente necessitar de falar com alguém, deverá consultar um psiquiatra, psicólogo ou clínico geral. Poderá ainda contactar uma destas entidades:

SOS Voz Amiga (entre as 16h e as 24h) - 213 544 545 (Número gratuito)

Conversa Amiga (entre as 15h e as 22h) - 808 237 327 (Número gratuito) e 210 027 159

SOS Estudante (entre as 20h e a 1h) - 239 484 020

Telefone da Esperança (entre as 20h e as 23h) - 222 080 707

Telefone da Amizade (entre as 16h e as 23h) – 228 323 535

Leia Também: Corpo de jovem desaparecida no Porto encontrado na praia dos Ingleses

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.