Cláudio Ramos mostrou a sua indignação perante o comportamento de uma mulher nos transportes públicos. Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra a mulher em questão a dizer palavrões e a proferir insultos homofóbicos contra um jovem homossexual que seguia na mesma carruagem, depois deste lhe pedir para colocar a máscara.

"O que fazemos com esta senhora? Não sabemos. Mas sei que se tivesse entrado naquela carruagem tinha a obrigação de me dirigir ao condutor, mandar parar e expulsá-la da carruagem. O que esta senhora fez é nojento", começa por defender o apresentador do 'Dois às 10'.

"Isto é uma mulher, uma idiota, não é? Tendo em conta que uma idiota é um [ser] humano que tem boas ideias ou que faz isto. Mas quem está sentado na carruagem não é menos idiota que, porque esta coisa de todos levantarmos a bandeira e de irmos a marchas (…) é tudo muito lindo… Verdade é levantar o rabinho da cadeira e metê-la no olho da rua, isso é que se devia fazer, era isso que eu fazia", defende.

"O que se vê ali é uma idiota de merda a ofender uma pessoa que só lhe disse para ela colocar a máscara, porque eu se ali estivesse também lhe diria para tirar. Se me tivesse dito aquilo a mim mandava parar. (...) Para mim é uma vergonha ter uma mulher destas a viver num país como o meu", completou, depois de defender que a cara da pessoa em questão fosse divulgada.

Veja o momento.

Leia Também: A festa de aniversário de sonho da filha de Cláudio Ramos

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.