Um lago, por muito pequeno que seja, confere movimento ao jardim e constitui mais um elemento decorativo que não deve ser descurado. Para que a água se mantenha limpa e sem algas, é, no entanto, preciso dedicar determinados cuidados tanto no verão como no inverno. Em caso de perda de água, por exemplo, é necessário reparar a estrutura que o suporta. No verão, devido ao calor, a evaporação da água é contínua.

Por isso, deve ser reposta periodicamente, de preferência com a ajuda de uma mangueira e ao final da tarde. Para que as plantas aquáticas que crescem no lago mantenham o esplendor, deve cortar as flores murchas e estragadas. Se as plantas cresceram demais ou se tornaram invasoras, pode e deve fazer divisões. Nesse caso, para evitar problemas futuros, retire as plantas da água, pode e faça uma divisão.

De seguida, para potenciar o resultado final e não prejudicar o desenvolvimento futuro da flor, plante de imediato. A depuração apenas é necessária em lagos grandes. Nos pequenos, basta aplicar pastilhas depuradoras, que encontra facilmente à venda em lojas especializadas. Se detetar pragas nas espécies aquáticas, é preferível tentar eliminá-las com métodos biológicos e não usar fitosanitários, recomendam os especialistas.

Lagos ajudam a refrescar jardins

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.