Fukuwarai é um jogo tradicional japonês para todas as idades, muito popular por altura do início do ano. O nome vem da junção das palavras fuku (sorte) e warai (sorriso), pois acredita-se que sorrir traz sorte. Traz certamente boa disposição, tal como este jogo em que o objectivo é desenhar um sorriso, movendo peças sobre o rosto.

Para os mais pequenos, o Museu do Oriente dá a conhecer Kintaro, o “Menino de Ouro”, através de um conto narrado por Susana Mendonça, monitora do Serviço Educativo.

Personagem lendário e herói popular do folclore japonês, é retratado como um menino com força sobrenatural, companheiro de vários animais, que cresceu numa montanha junto da mãe e viria a tornar-se um valente samurai. É habitualmente representado de corpo vermelho pois, segunda a lenda, a sua mãe engravidou de um raio enviado por um Dragão Vermelho, e acompanhado de um dos seus amigos, o urso, segurando uma carpa (símbolo de persistência e tenacidade) e com um hagarake ou bibe, com o caractere ‘kin’ que significa ‘ouro’, sendo por isso conhecido pelo ‘Menino de Ouro’.

Depois de nos familiarizarmos com a sua história, vamos desenhar, pintar e fazer origamis inspirados em Kintaro.

Para os pais, o Museu do Oriente sugere a leitura de “Paisagens da China e do Japão”, de Wenceslau de Moraes. Publicada em 1906, esta obra reúne dezassete contos e crónicas literárias que, no seu conjunto, pintam um retrato pormenorizado das culturas chinesa e japonesa, reflexo e reacção dos primeiros anos de contacto do autor com ambas.

Paisagens, festividades populares, hábitos sociais, lendas e histórias tradicionais, de Macau a Kobe, são relatados por um observador fascinado, curioso, mas também, por vezes e ainda, toldado pelo preconceito de um europeu do seu tempo. Os contos surgem ilustrados com gravuras, antigas litografias escolhidas pelo autor.

Está disponível na Biblioteca Nacional.

Do extenso acervo do Museu do Oriente fazem parte duas peças japonesas, emblemáticas da colecção Presença Portuguesa na Ásia: o Capacete Namban (c. 1600), um objecto híbrido que conjuga características de exemplares europeus bem como de elmos tradicionais japoneses, e uma armadura Renjaku do século XVII.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.