Nos últimos dias de fevereiro, no programa de televisão "Sept à huit", o artista francês Baptiste Giabiconi, um dos amigos mais próximos de Karl Lagerfeld, revelou publicamente que era um dos beneficiários do testamento do criador de moda alemão, falecido a 19 de fevereiro de 2019. "São, ao todo, sete os herdeiros principais. Na lista, o meu nome é aquele que aparece primeiro. Sou o herdeiro principal", garantiu o modelo e cantor. A confissão surpreendeu meio mundo.

Os mais próximos do estilista foram, contudo, os que reagiram com maior espanto, garantindo que o antigo manequim da Chanel não faz parte dos beneficiários. "Essas declarações não fazem qualquer sentido. Ele nem sequer figura na lista das pessoas que foram convocadas pelo notário por causa da herança", assegurou uma fonte próxima do designer à revista francesa Voici, que avança ainda que Baptiste Giabiconi e Karl Lagerfeld teriam cortado relações "há alguns anos".

O manequim e o criador de moda conheceram-se em 2008, numa altura em que o marselhês dava os seus primeiros passos no mundo da moda. Pouco depois, tornavam-se inseparáveis. Karl Lagerfeld transformou-se no mentor de Baptiste Giabiconi, que se apresentava como o filho espiritual do figurinista. Em junho do ano passado, o modelo, que entretanto publicou o livro "Karl et moi", elogiou-o publicamente nas redes sociais. "Estás sempre comigo", escreveu.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.