Foi durante a estadia em Portugal, onde viveu entre agosto de 2017 e março de 2019, que Madonna pegou na alcunha que lhe tinha sido dada por uma antiga professora de dança, a bailarina e coreógrafa Martha Graham, quando ainda ambicionava vir a ser uma cantora de êxito global e criou o conceito por detrás da personagem que viria a dar nome ao seu último disco, "Madame X", idealizado, composto, gravado e produzido durante o período em que a artista norte-americana de 62 anos elegeu Lisboa para viver.

Madame X é uma bailarina, uma instrutora, um chefe de estado, uma dona de casa, uma cavaleira, uma prisioneira, uma estudante, uma mãe, uma filha, uma professora, uma freira, uma cantora, uma santa, uma galdéria, uma espia na casa do amor, um disco, uma digressão e, agora, uma fragrância. Depois de ter lançado Truth or Dare, o seu primeiro perfume, na primavera de 2012, Madonna lançou Truth or Dare Naked no outono desse ano. Agora, oito anos depois, prepara-se para apresentar ao mundo Madame X.

As informações sobre a nova eau de parfum ainda são, contudo, escassas. As duas fragrâncias anteriores de Madonna foram desenvolvidas pelo perfumista Stephen Nilsen, que trabalha para a prestigiada empresa Givaudan. O nome do criador olfativo de Madame X ainda não foi, todavia, revelado. "Eu, pessoalmente, acho que é muito forte quando o pomos mas, ao fim de meia hora em contacto com a pele, essa intensidade suaviza-se e torna-se muito agradável", confidenciou a artista nas redes sociais.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.