Em todo o mundo, não faltam mulheres que sonham com uma. A mamoplastia de aumento é uma técnica cirúrgica para aumentar o tamanho das mamas. Este método também permite a correção de uma ptose ligeira, designada habitualmente por mamas descaídas, para além de aumentar um pouco a firmeza das mesmas. Já ouviu falar sobre esta operação estética mas não sabe bem como se processa? A Ultimate Beauty explica-lhe.

Esta mamoplastia realiza-se mediante anestesia geral ou anestesia local e sedação. As próteses implantam-se através de umas incisões de três a cinco centímetros, que podem ser feitas na axila, em redor da auréola ou no sulco mamário, que é a prega debaixo do peito. A maioria das operações realizam-se por via hemiaureolar ou submamária. A axilar é menos utilizada, já que é mais complicada e pode exigir anestesia geral.

Seios naturais ou exuberantes?
Seios naturais ou exuberantes?
Ver artigo

Quando a operação se faz por via aureolar, é importante que a incisão se faça na zona onde a pele muda de cor, caso contrário, poderia causar problemas de pigmentação e notar-se. A prótese é introduzida pouco a pouco, pressionando com os dedos, até ficar colocada no lugar correto, que nem sempre é sob o músculo peitoral. Na verdade, "em qualquer localização, sub-muscular, sub-fascial ou sub-mamário conseguem-se obter excelentes resultados", assegura o cirurgião plástico João Baptista Fernandes.

"Normalmente, a localização do implante, assim como a via de acesso para a sua colocação, é um critério decidido pelo cirurgião em função de várias premissas, que devem ser avaliadas, nomeadamente a idade, o peso, a altura, a largura do tórax, as características anatómicas locais, como o tipo e a forma da glândula mamária, o grau de ptose se existir, o tipo de pele ou ainda a espessura do tecido adiposo", explica.

Como se processa a intervenção

Em 90% das operações é fundamental descer o sulco mamário. A razão é que um peito pequeno forma o sulco mais acima do que um peito mais abundante. Caso se implantem as próteses sem tê-lo baixado antes, ficarão muito altas e pouco naturais. Uma vez introduzida a prótese, procede-se à sutura.

Não se realiza diretamente sobre a pele, mas sim intradérmica, para que não deixe vestígio de cicatriz. Os pontos irão soltando-se por si próprios. O processo total dura entre uma hora e hora meia. Se a anestesia tiver sido geral, terá de permanecer internada 24 horas. Se tiver sido local e com sedação poderá ir para casa no próprio dia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.