A Fundação AFID, em parceria com a Fundação Montepio e a Câmara Municipal da Amadora, leva a cabo a 1.ª edição do Prémio de Investigação Científica na área de Reabilitação Dra. Maria Lutegarda.

Criado em memória da antiga Diretora de Ação Social da Fundação, este prémio dedicado à Investigação Científica na área da Reabilitação, visa estimular e mobilizar investigadores, estudiosos, técnicos e a comunidade académica em geral, para a criação e desenvolvimento de trabalhos de investigação e de inovação sobre a reabilitação e intervenção junto a pessoas com deficiência.

O prazo para submissão de candidaturas decorre até 22 de julho e podem candidatar-se ao prémio, autores de trabalhos de investigação sobre a área da Reabilitação, no âmbito académico, abrangendo as ciências sociais e humanas, sociologia e educação, nos três graus de ensino superior público e privado: Licenciatura, Mestrado e Doutoramento, bem como outros investigadores individuais.

O prémio terá uma periodicidade bienal, de natureza pecuniária, e é constituído por um primeiro prémio no montante de 8.000 euros e por duas menções honrosas no valor de 1.500 euros cada.

Os projetos de investigação serão avaliados por um corpo de jurados, maioritariamente, composto por docentes Universitários, por um representante da Fundação Montepio, um representante da Câmara Municipal da Amadora e um representante da Fundação AFID Diferença.

O regulamento e o calendário estão disponíveis para consulta no site da Fundação AFID Diferença.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.