As conclusões da experiência, chamada Fieldlab, que cobriu 24 eventos que reuniram no total mais de 60 mil pessoas, serão partilhadas com o governo holandês e prometem "um verão muito agradável", segundo os organizadores, que falam em "dados excepcionais". "Analisámos quais medidas alternativas poderíamos propor para deixar de lado o distanciamento social e, ao mesmo tempo, manter os eventos seguros", disse Pieter Lubberts, gerente do programa Fieldlab.

Depois de vários confinamentos e mais de um ano sem grandes atrações, promotores de eventos e cientistas holandeses organizaram e analisaram vários eventos entre fevereiro e maio de 2021, incluindo o Festival da Eurovisão e jogos de futebol. A partir dos dados obtidos, os organizadores definiram uma matriz de risco de acordo com o tipo de evento e a gravidade da situação sanitária.

Para cada "nível de risco", são recomendadas determinadas medidas sanitárias. Quanto maior o risco, mais rigorosas são as recomendações. "Acredito que, com os resultados que temos e que iremos apresentar ao governo, muitos festivais poderão ser mantidos, até mesmo com a sua capacidade máxima", indicou Lubberts.

- Conheça os vários níveis de proteção da máscara

A Holanda registou nas últimas semanas uma queda no número de infeções e hospitalizações associadas à COVID-19, o que permitiu ao país relaxar as medidas e reabrir terraços e espaços desportivos.

Os organizadores da experiência afirmam que cuidados como a apresentação de um teste PCR negativo e uma comunicação adequada serão suficientes para garantir a realização segura de grandes eventos no verão a plena capacidade, se a situação sanitária continuar a melhorar.

No festival da Eurovisão, um total de 3.500 espectadores testados puderam assistir às semifinais, à final e aos seis ensaios gerais em Roterdão, o que representou 20% da capacidade da sala de espetáculos.

Desde o início da crise de saúde, no ano passado, a Holanda, que tem uma população de pouco mais de 17 milhões de habitantes, registou mais de 1,5 milhão de casos de COVID-19 e mais de 17.000 mortes ligadas à doença. Seis milhões de doses de vacina foram aplicadas no país até ao momento.

Veja ainda: Estes são os 12 vírus mais letais do mundo

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.