Nunca tinha ouvido a palavra mas ficou rendida desde a primeira vez que o experimentou. Sandra Rocha, de 37 anos, é uma adepta do sofroatsukishi desde o dia em que acordou sem se poder mexer devido a uma hérnia discal e resolveu experimentar a terapia. "Entrei no gabinete do mestre Alexandre Dias sem conseguir andar e saí de lá a andar normalmente, tendo prosseguido o tratamento durante algum tempo", assegura.

"A partir desse dia, nunca mais tive nenhuma crise daquelas", garante. "Mal sinto uma dorzinha, faço dois tratamentos de sofroatsukishi e fico bem", afirmou ainda em declarações à Prevenir. No entanto, Sandra Rocha não faz esta massagem apenas devido ao seu problema de saúde, usa-a também para relaxar. Daí que todos os meses, sem exceção, se submeta a uma sessão.

"O sofroatsukishi também me ajudou a ultrapassar um processo de divórcio, é o meu antidepressivo", explica. Razões mais do que suficientes para recomendar esta terapia a todos os seus amigos, já tendo conseguido que muitos também ficassem fãs. "Se podemos usar um método natural porquê tomar medicamentos?", questiona. "O sofroatsukishi mal não faz, logo só pode fazer bem", responde de imediato.

Terapia de reequilíbrio físico e energético

Inspirado em diferentes técnicas e métodos na área da medicina tradicional, o sofroatsukishi é uma terapia de reequilíbrio físico, energético e psicológico que está a fazer sucesso um pouco por todo o mundo. E Portugal não é exceção! É um método próprio mas que nasceu da prática de vários tipos de massagem terapêutica. O nome surgiu de quatro palavras. Sofre, que significa terapia, é uma delas.

As restantes são atsu, que significa pressão. Ki, que se refere a energia. E shi, que corresponde a dedo. "O sofroatsukishi é um instrumento de desenvolvimento pessoal que visa eliminar o medo, stresse, ansiedades, angústias, estados depressivos, entre outros problemas", explica o mestre Alexandre Dias, terapeuta e instrutor de sofroatsukishi.

Esta terapia, como explica, "estabelece ou restabelece a confiança e permite impor a sua personalidade e influenciar o seu carisma". "Fornece-lhe os meios para viver melhor, com êxito e ser capaz de fornecer aos outros apoio ou um novo começo nas relações sociais e profissionais", acrescenta ainda o especialista.

Equilíbrio total com múltiplas vantagens

Sendo uma terapia de reequilíbrio físico, energético e psicológico, o sofroatsukishi "atua através da utilização da nossa energia (magnetismo) e de pressões efectuadas nos meridianos e nos pontos neuromusculares (pontos de resposta imediata)", esclarece. Essa pressão melhora o sistema imunitário, estimula a libertação de endorfinas e assegura uma melhor nutrição e oxigenação dos tecidos, proporcionando um relaxamento profundo e consequente bem-estar.

De acordo com o mestre Alexandre Dias, "é indicado para estados de ansiedade e depressão, stresse, dores de cabeça, enxaquecas, tensão, dores de pescoço, costas e ombros, problemas osteoarticulares e circulatórios, distúrbios digestivos". Muitos benefícios para combater muitos dos males do dias que correm.

O que acontece durante uma sessão de sofroatsukishi

Qualquer pessoa pode submeter-se a uma sessão, pois esta terapia não tem contraindicações. Durante as sessões de sofroatsukishi, "o paciente sente uma troca de energia que lhe permite aliviar o corpo tanto fisicamente como psicologicamente", revela Alexandre Dias. Para o terapeuta, esse fator deixa o corpo mais liberto, fazendo com que "seja possível a regeneração das células para a cura espontânea".

Alexandre Dias está também a apostar na formação de mais profissionais qualificados. "Como é uma terapia ainda pouco divulgada em Portugal, há necessidade de formar profissionais competentes e capazes de explorar todas as potencialidadesm deste método terapêutico. A formação é indicada para técnicos de saúde, profissionais na área da estética e todas as pessoas interessadas em explorar as suas capacidades", diz.

Diagnóstico pela radiestesia

Alexandre Dias associa a radiestesia, ciência que estuda os campos de energias emanados por pessoas e objetos, ao sofroatsukishi para "determinar aquilo que o corpo precisa para ser saudável". Através deste diagnóstico, o terapeuta encontra o tratamento certo para a patologia de cada paciente e deteta, por exemplo, alergias alimentares e deficiências de vitaminas e, até, os medicamentos alternativos que pode usar em cada caso.

Texto: Rita Caetano

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.