Inês Aires Pereira foi recebida por Cláudio Ramos e Maria Botelho Moniz na manhã desta sexta-feira, 5 de novembro, com direito a pequeno-almoço durante o 'Dois às 10', da TVI.

Em conversa com os apresentadores, falou sobre a relação com David, lembrando também o início da segunda gravidez.

Contando que assim que teve o teste positivo nas mãos quis contar a toda a gente, disse: "Se alguma coisa acontecer de mau ou se o perder, também vou ter necessidade de falar sobre isto".

No entanto, a agente e a mãe aconselharam-na a não contar logo a todas as pessoas. "Desta vez já estava a ficar com um barrigão, as pessoas todas já me perguntavam e resolvi contar. E depois aconteceu o tal descolamento e o sangramento. Pensei: Contei antes do tempo e por o ter feito vou ter que falar sobre isto, e isto é importante ser falado", destacou.

Ao recordar o grande susto que viveu nesta segunda gravidez, lembrou: "Entrei no hospital vestida de Neuza [personagem criada para o programa 'Cristina ComVida']".

Na altura, quando chegou ao hospital, Inês Aires Pereira contou com uma ajuda preciosa de um segurança, gesto que nunca mais vai esquecer. "O segurança Rodrigo. Ele não deve estar a ver, mas um beijo grande. Só não demos o nome de Rodrigo ao menino porque já tínhamos este nome [Joaquim], que é muito especial", admitiu.

Lembrando o momento em que chegou ao hospital, recordou: "Cheguei com as pernas muito fechadas porque estava a sentir muito sangue a sair. Cheguei, olho e o hospital está cheio. [...] O segurança olhou para mim, percebe que não estou bem, vem ter comigo e diz-me: 'Não estás bem, pois não?'. E eu disse que estava a sangrar muito e que achava que estava a perder o bebé".

"Ele pediu o meu cartão de cidadão e no momento em que diz isso, começo a sentir uma coisa enorme a sair, que era um coágulo. Só que aquilo era tão grande e pensei que era o bebé que estava a sair. Olhei para ele e disse: 'Ajude-me, o meu bebé está a sair agora'. Ele pegou em mim... Foi mesmo um herói. No momento em que pega em mim sai muita coisa, sangue pelo hospital a dentro e ele a gritar a pedir ajuda. Entrou pelas urgências a dentro e gritava que eu estava a perder muito sangue, a pedir ajuda... Enfiou-me numa cadeira de rodas, nunca mais vi o Rodrigo. Vou na cadeira de rodas e só vejo sangue a cair...", relatou.

Quando a médica chegou com a enfermeira, foi examinada e foi quando depois percebeu que não tinha perdido o bebé. "A médica disse que ou estava a acontecer um aborto ou tinha sido só um episódio. Tinha que esperar, fazer repouso".

Entretanto, durante o programa, Inês Aires Pereira foi surpreendida com um vídeo do segurança que a ajudou no hospital. Um momento que deixou a atriz em lágrimas.

"Rodrigo, obrigada, a sério. Nós tentamos enviar-lhe flores mas o hospital não deixou. Lembro-me de quando saí do hospital o Rodrigo já não estava a trabalhar. Mas o David falou com ele e disse-me que ele estava tão preocupado. Ele ficou tão feliz quando soube que estava tudo bem porque a namorada estava grávida, por isso ele estava a sentir aquela coisa toda... Muito obrigada", reagiu a atriz ao vídeo de Rodrigo, contando que ainda tentou convencer o companheiro a chamar Joaquim Rodrigo ao filho que está para nascer.

Antes de terminar, muito emocionada, afirmou ainda que o vídeo do segurança "foi a melhor surpresa".

Leia Também: Inês Aires Pereira revela sexo e nome do segundo bebé

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.