Com a Primavera a aquecer os nossos dias, cresce cada vez mais a vontade de voltar à praia. Quem não tem saudades de um mergulho no oceano?

Antes de irmos aos produtos que selecionámos para este artigo, lembre-se que da exposição prolongada ao sol podem resultar queimaduras solares que, para além de dolorosas, constituem um perigo com consequências nefastas para a sua saúde.

Já escolheu o seu protetor solar? Estes são os 10 melhores de 2021
Já escolheu o seu protetor solar? Estes são os 10 melhores de 2021
Ver artigo

Diminua o risco de exposição prolongada ao sol e, sobretudo, tenha em atenção:

- Evite a exposição solar entre as 11 e as 17 horas;

- As crianças com menos de seis meses não devem ser sujeitas a exposição solar e deve evitar-se a exposição direta de crianças com menos de três anos;

- Sempre que andar ao ar livre, use roupas que evitem a exposição direta da pele ao sol, particularmente nas horas de maior incidência solar.

- Use chapéu, de preferência, de abas largas e óculos que ofereçam proteção contra a radiação UVA e UVB. Esta proteção aplica-se, também, às crianças;

- Use sempre protetor solar com um índice adequado à idade e ao tipo de pele, de preferência, igual ou superior a 30, e renove a sua aplicação sempre que estiver exposto ao sol (de 2 em 2 horas), especialmente se estiver molhado ou se transpirou bastante. Quando regressar da praia ou piscina volte a aplicar protetor solar, principalmente nas horas de calor intenso e radiação ultravioleta elevada;

- Aumente a ingestão de líquidos (água ou sumos de fruta naturais, sem adição de açúcar);

- Evite as bebidas alcoólicas e bebidas com elevados teores de açúcar uma vez que promovem a desidratação do corpo.

Os sintomas das queimaduras são pele vermelha, dolorosa e anormalmente quente, após a exposição solar. Após a queimadura pode ocorrer febre, bolhas na pele e dor intensa nas regiões afetadas.

Em caso de queimadura solar, a Direção-Geral da Saúde (DGS) recomenda:

  • Evitar nova exposição ao sol;
  • Aplicar compressas com água fria;
  • Não rebentar as bolhas;
  • Não aplicar álcool, manteiga ou óleos gordos;
  • Contactar o médico, sempre que necessário.

E agora sim, vamos aos 15 melhores cremes (e não só) para hidratar a pele depois de apanhar sol

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.