“A partir de 03 de julho, a modalidade “casa aberta” fica disponível para a vacinação de primeiras doses de utentes não estejam agendados, com idade igual ou superior a 45 anos e que não tenham sido infetados com covid-19 nos últimos seis meses”, adiantou a estrutura que coordena a logística da vacinação em comunicado.

A `task force´ liderada pelo vice-almirante Gouveia e Melo adiantou ainda que, para se ser vacinado nesta modalidade, os utentes devem dirigir-se ao centro de vacinação covid correspondente ao centro de saúde onde estão inscritos, nos horários específicos para este tipo de vacinação que podem ser consultados no portal da internet do Ministério da Saúde.

“A modalidade “casa aberta” permite assegurar que todas as pessoas elegíveis são chamadas ao processo de vacinação”, referiu a mesma fonte.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 3.957.862 mortos em todo o mundo, resultantes de mais de 182,5 milhões de casos de infeção, segundo o balanço mais recente feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 17.108 pessoas e foram confirmados 884.442 casos de infeção, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.