Ellen Pompeo, que faz hoje 51 anos, tem um acordo com a autora de "Anatomia de Grey", Shonda Rhimes, que durante anos foi mantido em segredo. A atriz norte-americana, que ganhou fama global no papel da cirurgiã Meredith Grey, é, a par de Chandra Wilson, a Miranda Bailey da popular série, a única atriz do elenco inicial da produção televisiva, que regressa aos ecrãs americanos na próxima quinta-feira, dia 12, para aquela que será a décima-sétima temporada e, especula-se, a última, para desespero dos (muitos) fãs.

"A Ellen e eu temos um pacto. Eu vou continuar com a série enquanto ela continuar a participar nela. Por isso, em termos práticos, continuará a existir enquanto nós duas o quisermos. Se ela quiser parar, paramos", assumiu Shonda Rhimes, em entrevista, em 2017. Em abril, Krista Vernoff, argumentista, produtora e realizadora de "Anatomia de Grey" garantiu, no entanto, que o fim da produção não está para breve. "Não o começarei a planear enquanto a Shonda, a Ellen e a ABC me disserem para o fazer", assegura.

Em agosto, Ellen Pompeo admitiu a hipótese de poder vir a sair da série a que a sua personagem dá nome. "Este é o último ano do meu contrato [com a estação de televisão ABC]. Não sei se será mesmo mas poderá vir a ser", admite. "De qualquer modo, nunca será uma decisão que eu tome de ânimo leve, até porque a série emprega muita gente", confidencia. "Para mim, uma casa abastada é mais importante do que uma carreira e eu tomei a decisão de ganhar dinheiro em vez de andar a correr atrás de papéis", desabafa.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.