Habitualmente discreta nas redes sociais, Jéssica Ellen surpreendeu, há pouco mais de uma hora, os milhares de admiradores com uma reflexão filosófica e com uma fotografia onde surge nua. A atriz, cantora, compositora e bailarina brasileira de 28 anos, que os portugueses puderam ver recentemente na pele de Camila dos Santos na telenovela "Amor de mãe", exibida pela SIC, despertou com vontade de provocar e de suscitar (muitas) reações. "Acordei pensativa e gozona", confidencia a artista.

Nanda Costa denuncia aumento da violência doméstica no Brasil em tempo de confinamento
Nanda Costa denuncia aumento da violência doméstica no Brasil em tempo de confinamento
Ver artigo

"Penso que o meu corpo é morada de orixá [divindade da religião iorubá representada pela natureza] e, por, isso um templo. É a nossa primeira casa antes do endereço mundano, com números e nome[s] de rua", considera Jéssica Ellen. "Penso e vejo o quanto as pessoas estão perdidas dentro das suas fantasias e [dentro dos seus] pensamentos. A mente mente-nos. O que é real? A que é que nós damos valor? Tenho várias conversas sérias comigo mesmo. Amo a minha companhia e amo amar-me. Entrego-me, exijo-me, honro-me, respeito-me. Olho para o lado e admiro, também. Olho para o lado e também tenho nojo. Faz parte da vida", afirma a atriz.

"Somos complexos e tudo que é raso não me contempla. O sol brilha para todos e, a quem se recuse a olhar a luz e viver na sombra, haja paciência. Paciência é, sem dúvida, uma das coisas que [eu] preciso de desenvolver. O meu tempo é outro. Sempre foi. Não tenho tempo a perder", desabafa a artista, que termina a publicação com um conselho. "Não se levem tão a sério", pede. "Serve para mim também", defende ainda Jéssica Ellen, atriz nascida e criada na favela do bairro da Rocinha, no Rio de Janeiro.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.