São uma das bandas femininas mais populares de todos os tempos e fazem 25 anos no próximo ano. Apesar de Robert Herbert e Chris Herbert, os empresários musicais terem criado o grupo que estaria na origem das Spice Girls em 1994, só em 1996, pelas mãos do empresário e produtor Simon Fuller, é que o coletivo lançou "Wannabe". O primeiro single foi um êxito imediato e converteu Melanie C, Mel B, Geri Halliwell, Emma Bunton e Victoria Beckham em estrelas globais. Em 1998, a banda sofreu o primeiro revés.

Alegando exaustão, Geri Halliwell, a popular Ginger Spice, abandona o grupo. As colegas prosseguem a atividade mas, em janeiro de 2001, anunciam uma paragem por tempo indeterminado. De lá para cá, reuniram-se apenas por duas vezes para atuações ao vivo, em 2007 e 2008 e em 2019. A terceira poderá ter lugar no próximo ano para assinalar os 25 anos do coletivo. "Eu, pessoalmente, tenho muita vontade de partir em digressão com o resto da banda", assume Melanie C. "Seria insultuoso não o fazermos", desabafa.

Melanie C vem a Portugal no próximo ano. Nova digressão da cantora arranca em Lisboa
Melanie C vem a Portugal no próximo ano. Nova digressão da cantora arranca em Lisboa
Ver artigo

"Tivemos o ano mais incrível, o ano passado, atuando em estádios no Reino Unido e na Irlanda. É uma coisa que voltaremos a fazer. Falamos muito disso", confidencia a Sporty Spice. "Muitos artistas adiaram as suas tournées para o próximo ano, o que pode atrasar o regresso das Spice Girls aos palcos mas, pela minha parte, estou a fazer os possíveis para que isso suceda", garante a artista, que gostava de ver o percurso musical da banda imortalizado no cinema, à semelhança do que o realizador norte-americano Bryan Singer fez com os Queen em "Bohemian rhapsody", um dos êxitos de 2018. "Este era o momento perfeito para o fazerem", considera.

Em entrevista ao programa de televisão "Lorraine", transmitido pelo canal britânico ITV, Melanie C, que foi mãe em 2009, falou também do girl power. O empoderamento feminino foi e continua a ser uma das bandeiras das Spice Girls. "É impressionante ver o que as coisas evoluíram. A minha filha tem 11 anos e é extremamente impertinente, o que me deixa muito esperançada no futuro", confessa a intérprete de sucessos como "I turn to you" e "First day of my life", que a 28 de abril de 2021 atua a solo em Portugal.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.