Marhaba é um projeto que teve início há dois anos e vem no seguimento de outras iniciativas como "É uma Vida" no âmbito do Programa Municipal de Acolhimento de Refugiados na Cidade de Lisboa. O projeto sociocultural já serviu centenas de refeições com o seu serviço de catering e a sua produção de eventos temáticos.

Criado com o apoio da Crescer - Associação de Intervenção Comunitária, fundada em 2001, que atua com indivíduos em situação de sem-abrigo, os que consomem substâncias psicoativas e pessoas migrantes e refugiadas na cidade de Lisboa. Marhaba, vencedor do donativo Missão Continente 2018, está a entrar num novo capítulo: uma cozinha aberta ao público com serviço de takeaway.

A localização será no número 18 A do Mercado de Benfica, em parceria com a Junta de Freguesia de Benfica. Mas para ajudar a financiar o investimento das obras no local é lançada a 11 de Dezembro uma campanha de crowdfunding na plataforma PPL que pretende angariar 10 mil euros. Para agradecer as doações, após a inauguração do local, Marhaba vai entregar vários tipos de recompensas.

Um antigo talho vai converter-se num local onde os migrantes confecionam comida 100% vegetal e autêntica dos seus países de origem. E o toque especial? Os falafels e as chamuças não são fritos, mas sim preparados a partir de técnicas modernas, como a desidratação.

Os menus sazonais, que vão mudar a cada época, são desenhados para maximizar o seu valor nutricional e minimizar o impacto ambiental. O açúcar refinado não vai entrar pela porta deste local. Será a primeira oferta de comida Eritreia em Lisboa. Injera, Shiro, Alicha e o pão artesanal Hembesha são alguns dos pratos deliciosos que surgem no menu.

Marhaba
créditos: Marhaba

A crise ambiental global suscitou a responsabilidade partilhada de governo, instituições, empresas e associações na sensibilização para as boas práticas ambientais.

Neste sentido, e no contexto do prémio ‘Lisboa Capital Verde 2020', Marhaba pretende implementar um ecossistema socioeconómico, que enfatiza a importância do circuito curto, envolvendo produtores locais e biológicos. Como exemplo de boas práticas, este local não irá vender líquidos em garrafas de plástico. Haverá águas filtradas e aromatizadas, chás, café, detox shots e sumos naturais.

Marhaba (“bem-vindo” em árabe) foi criado em conjunto com homens e mulheres da Síria, do Iraque e da Eritreia. Tem como missão integrá-los de uma maneira eficaz, sustentável e duradoura, capacitando-os para a empregabilidade.

A ideia surgiu deste grupo que interage com a sociedade portuguesa e partilha as tradições dos seus antepassados e assim cria um diálogo intercultural. Esta abordagem tem sido tão eficaz que alguns dos participantes do projeto já partiram para criar os seus próprios negócios no setor alimentar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.