São três os rótulos que a artista plástica Maria Seruya concebeu para o As Velhas Reserva DOC Alentejo Tinto 2017, um vinho que pretende elogiar as mulheres e a condição feminina, procurando provar que o envelhecimento não tem de ser forçosamente o sinónimo do fim. Além de uma europeia, há uma africana e uma asiática. A ideia partiu da empresária Ana Rocha, filha do empreendedor José Morais Rocha, fundador da produtora vitivinícola alentejana Morais Rocha Wines.

A diretora-geral da companhia começou a desenvolver o conceito há três anos. Mas só mais tarde desafiaria Maria Seruya a ilustrar os rótulos de As Velhas, como lhe chamou, num gesto de ousadia e provocação. "Este vinho explora o envelhecimento feminino e a passagem do tempo. Com o passar dos anos, esta bebida vai trazendo o que tem de melhor e, nas mulheres, acontece o mesmo. Também precisamos de tempo para mostrar o nosso melhor", justifica Ana Rocha.

10 vinhos a experimentar com caráter de urgência. Há propostas para todos os gostos
10 vinhos a experimentar com caráter de urgência. Há propostas para todos os gostos
Ver artigo

A ilustradora Maria Seruya, que também é artista motivacional e dinamiza o projeto Velhas Bonitonas, uma iniciativa que procura inspirar mulheres a aceitar o envelhecimento enquanto processo natural, ficou entusiasmada com o desafio. "Não percebo nada de vinhos, nem sequer bebo álcool, mas achei esta ideia da Ana espetacular", confidenciou em declarações exclusivas ao Modern Life/SAPO Lifestyle. "Atirei-me de cabeça", revela ainda. "Eu pinto sempre mulheres irreverentes, cheias de rugas, sem complexos. Mulheres que envelheceram como queriam", desabafa a artista.

À semelhança do que sucede com os rótulos de As Velhas Reserva DOC Alentejo Tinto 2017, também são três as castas usadas na produção deste vinho, Alicante Bouschet, Syrah e Touriga Nacional. Antes de ser engarrafado, estagiou 12 meses em barricas de carvalho francês e americano. Com 14,5% de volume de álcool, é um néctar com uma personalidade forte, como a de muitas das mulheres que pretende homenagear. O lacre vermelho que selha a rolha confere-lhe um toque sensual.

Para a primeira edição, praticamente esgotada, foram engarrafadas apenas 1.500 garrafas, que são vendidas em caixas de três, com os três rótulos, por 44,50 €. A procura foi de tal maneira grande que Ana Rocha não conseguiu dar vazão aos pedidos das garrafeiras. "Hão de haver outras edições", promete a executiva. "Essa possibilidade já estava a ser equacionada antes mas gerou-se aqui um fenómeno que veio reforçar a nossa visão. Acho que estamos no bom caminho", refere.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.