A equipa DiabPT United, constituída por membros do Núcleo Jovem da Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal (NJA) e da  (AJDP), vai representar Portugal no Campeonato Europeu de Futsal para Pessoas com Diabetes – DiaEuro, que decorre entre os dias 21 e 26 de julho em Kiev, na Ucrânia.

Este ano a equipa é constituída pelos atletas Bernardo Rodrigues, Bruno David, Celso Freitas, Francisco Patatas, João Carrasco, João Nabais, Leandro Andrade, Luis Metrogos, Pedro Magalhães, Rafael Carias e Sandro Almeida. Juntos estes atletas têm 150 anos de vivência com a diabetes e querem mostrar que a diabetes, quando bem tratada, não é uma barreira para atingir os sonhos de cada um.

Todos os participantes deste campeonato vivem diariamente com diabetes e têm como principal objetivo desmistificar a ideia de que a diabetes é limitadora dos estilos de vida. A equipa portuguesa é uma das onze equipas participantes, que somam mais de 200 jogadores, mostrando que a diabetes não os impede de representar o seu país num campeonato internacional.

Conheça a comitiva de jogadores

Bruno Fuzeiro, treinador da equipa, explica que: "com uma gestão correta da doença estes jovens podem ser atletas, viajar e competir a nível internacional. Ao contrário do que se pensa, o desporto ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue e é por isso uma mais valia para todas as pessoas que vivem com diabetes". Para além do treinador, a equipa será ainda acompanhada pelo enfermeiro Manuel Esteves Cardoso, que dará apoio em qualquer necessidade que possa surgir.

"A participação da DiabPT United neste campeonato é uma excelente forma de promover o desporto e de mostrar que a diabetes não impede a adoção de um estilo de vida saudável. Para além disso, esta é uma forma de promover a troca de experiências entre atletas nacionais e internacionais. Esperamos que Portugal possa chegar o mais longe possível neste campeonato", afirma Paula Klose, presidente da AJDP.

Alexandra Costa, coordenadora do NJA, acrescenta que: "a realização deste campeonato é muito importante, pois permite que os jovens e adultos que vivem com diabetes tenham oportunidade de partilhar experiências com pessoas de outros países que têm a mesma doença e, independentemente do resultado, poder participar num evento desta dimensão, é por si só uma vitória. Esta é ainda uma forma de fomentarem valores de inclusão, força de vontade e trabalho em equipa.

João Nabais é o guarda-redes da equipa: "Um orgulho e um prazer fazer parte deste grupo. Vamos representar Portugal e iremos dar tudo para chegar à final e vencer! Todos juntos mostramos que a diabetes, quando bem controlada, não é uma barreira para alcançar os nossos sonhos".

Celso Freitas é o jogador mais antigo da equipa: "Partimos com a esperança renovada para mais um DiaEuro, desta vez em Kiev. O grupo está forte e motivado, bem preparado e com maior experiência internacional. Assim, contamos com o apoio de todos e com uma pontinha de sorte para sermos a melhor de todas as seleções. Prometemos dedicação máxima na luta por esta causa e por Portugal."

Bruno David vai participar pela 4ª vez neste campeonato: "Na primeira vez que representei Portugal nesta competição, foi-me dito “Se é uma seleção, é de todos nós!”, essas palavras fizeram-me perceber a importância de vestir esta camisola por esta causa! Parto para Kiev, para representar Portugal pela quarta vez num campeonato europeu e por todos os que me apoiam ao longo desta caminhada desde que tenho diabetes, tudo farei para voltar com uma medalha ao peito".

Estes são os 7 mitos que mais se contam sobre a diabetes
Estes são os 7 mitos que mais se contam sobre a diabetes
Ver artigo

O que é a diabetes e qual a sua prevalência?

A diabetes tipo 1 é uma doença crónica, que se desenvolve quando o pâncreas para de produzir a insulina de que o corpo necessita e, consequentemente, os níveis de açúcar no sangue sobem. A diabetes tipo 2, mais predominante, é caracterizada pela resistência à insulina e é provocada essencialmente por hábitos alimentares pouco saudáveis, sedentarismo e hereditariedade, entre outros fatores.

Estima-se que em Portugal 13,3% dos indivíduos têm diabetes, embora quase metade dos casos não estejam diagnosticados (5,7%).

A Diabetes tipo 1 afetava, em 2015, 3.327 indivíduos até os 19 anos (0,16% da população no escalão etário), manifestando uma ligeira tendência de crescimento desde 2008, segundo dados do Observatório Nacional da Diabetes. Em 2015 foram detetados cerca de 13,3 novos casos por cada 100.000 jovens com idades entre 0-14 anos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.