Chegaram a ser 17 as cidades a revelar interesse em receber o Festival Eurovisão da Canção de 2022, Acireale, Alexandria, Bertinoro, Bolonha, Florença, Génova, Jesolo, Matera, Milão, Palazzolo Acreide, Pésaro, Rimini, Roma, Sanremo, Turim, Trieste e Viterbo, ainda que Verona e Nápoles também tenham chegado a equacionar essa possibilidade. Com o tempo, por não conseguirem cumprir os requisitos exigidos pela EBU/UER e pela RAI, as entidades organizadoras do evento, muitas foram desistindo.

No fim do prazo de candidatura, eram 11 as localidades na corrida. Bolonha, Milão, Pésaro, Rimini e Turim foram, no entanto, as únicas a avançar para a segunda fase. Segundo o jornal italiano Il Resto del Carlino, a decisão final da organização deverá ser anunciada na próxima segunda-feira, dia 30. Apesar de Bolonha ter proposto dois recintos para o espetáculo, o pavilhão 37 da BolognaFiere e a Unipol Arena, Turim, onde vive e joga o futebolista português Cristiano Ronaldo, é apontada como a favorita.

Nos últimos dias, Pésaro apresentou o logotipo oficial da candidatura, mas Turim foi mais longe e divulgou o vídeo promocional que utilizou para (tentar) convencer os organizadores daquele que é o maior e mais visto festival musical do mundo. Depois do cancelamento da edição de 2020 por causa da pandemia, o Festival Eurovisão da Canção de 2021 realizou-se em Roterdão, nos Países Baixos, que venceram em 2019. "Zitti e buoni" do grupo italiano Maneskin, já um êxito global, foi a canção mais pontuada.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.