Madonna foi uma das celebridades a manifestar a sua indignação perante o tiroteio que se verificou ontem, 24 de maio, numa escola no Texas.

Através de uma publicação nas redes sociais, a 'rainha da pop' alertou para a importância de se alterar a lei de maneira a que o controlo de armas se torne mais rigoroso.

"Nem consigo imaginar a dor que os pais destas 19 crianças devem sentir. Tenho filhos na escola primária e se eles não regressassem da escola acho que não sobreviveria.

Como é que é possível que um rapaz de 18 anos, o próprio uma criança, possa receber duas armas automáticas no seu aniversário sem que se investigue a sua história, se façam treinos de segurança ou perguntas?

O atirador partilhou inúmeros avisos no Instagram e no Facebook onde anunciava os seus planos em balear a avó e os estudantes da escola. Ninguém reparou! Ninguém o pediu. Como é que isto é possível?", afirma.

“Precisamos de proteger as nossas crianças! Precisamos de reduzir o acesso de pessoas a armas de fogo que estejam em risco de se magoar a elas mesmas ou magoar os outros. Precisamos de insistir em treinos obrigatórios para donos de armas, da mesma forma que se exige às pessoas estudar e passar no exame de condução para ter a carta. Um carro é uma arma potencial se não for usado corretamente. E uma arma também! Nunca ninguém fez esta comparação?”, questiona, por fim, exigindo que ações sejam tomadas.

Leia Também: Matthew McConaughey quebra silêncio sobre tiroteio na sua terra-natal

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.