É uso dizer-se que ir a Roma implica ver o Papa. Transpondo o adágio para o cantinho luso, especificamente para Sintra, visitar a vila histórica envolve provar um travesseiro na Casa Piriquita. Agora, os 160 anos de história de uma receita guardada a sete chaves viajam até Lisboa, com a abertura de um quiosque temporário no El Corte Inglés.

Desta forma, os travesseiros de massa folhada e com um recheio de creme de ovo e amêndoa, sem que lhes falte um ingrediente secreto, ficarão à prova e venda na capital até final de novembro.

Os doces travesseiros da sintrense Casa Piriquita também já se provam em Lisboa
créditos: Casa Piriquita

No vídeo que suporta a campanha de divulgação da abertura em Lisboa, vemos os produtos da Piriquita, no cesto de uma bicicleta, a percorrem as ruas do fado, passarem pela Praça do Comércio, espalharem a notícia pelo Parque Eduardo VII, até chegarem ao El Corte Inglês, sempre acompanhados pela voz de uma fadista.

Na década de 1940, durante a Segunda Guerra Mundial, a Casa Piriquita sentiu necessidade em inovar, face às dificuldades vividas naquele período. Constância Luísa Cunha, filha da fundadora, ao ler um livro de receitas antigo, deparou-se com a receita do Travesseiro. Especialidade que volvidos perto de 80 anos, continua a ser o doce emblemático da casa fundada em 1862.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.