A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) fez saber, em nota de imprensa, que realizou uma ação de fiscalização que resultou na apreensão de 15 toneladas de mel "por suspeita de fraude sobre mercadorias e contra a genuinidade, qualidade ou composição de géneros alimentícios".

A operação decorreu na sequência de uma ação de investigação da Unidade Regional do Norte – Unidade de Mirandela.

10 alimentos em vias de extinção
10 alimentos em vias de extinção
Ver artigo

A ação foi dirigida a uma unidade de extração e processamento de mel, do concelho de Ponte da Barca, e visou a proteção do consumidor. A unidade não foi identificada.

O produto apreendido destinava-se à exportação e encontrava-se rotulado com referência à origem em Portugal - "Produto Portugal".

A ASAE informa que suspeita que o produto tenha "origem diversa fora do território nacional".

Aquela autoridade procedeu à recolha de "amostras" no local que serão sujeitas a análises químicas e organoléticas.

O valor de mercado da apreensão ronda os 45.000 euros.

"A ASAE continuará a desenvolver ações de fiscalização, no âmbito das suas competências, em todo o território nacional em prol de uma sã e leal concorrência entre operadores económicos e na salvaguarda da segurança alimentar e saúde pública para os consumidores", frisa ainda a autoridade.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.