Apontado como um afrodisíaco natural, o morango está na compota que usamos para barrar as torradas todas as manhãs, dá sabor aos iogurtes que ingerimos diariamente, enfeita as saladas de fruta e salgadas que consumimos várias vezes por semana e é a base do gelado que mais comemos todo o ano. O morango é, assumidamente, um dos sabores preferidos dos portugueses, que apreciam este fruto, sobretudo em doces e sobremesas.

David Grotto, autor do livro "101 alimentos que podem salvar a sua vida", publicado pela Academia do Livro, garante, à semelhança de outros especialistas, que "uma dose de oito morangos contém mais vitamina C do que uma laranja". Além disso, é um alimento rico em fibra, potássio, proteínas, cálcio, magnésio, ferro, ácido fólico e ácido elágico, um fitoquímico com reconhecidas propriedades anticancerígenas.

Para além disso, os morangos são também fonte de antioxidantes, "especialmente nos flavonoides que combatem o cancro e a doença cardíaca", sublinha o especialista. Também ajudam a controlar a diabetes tipo 2 e a gestão do peso, uma vez que têm um baixo teor calórico. Funcionam ainda como um anti-inflamatório natural, como comprovaram vários estudos científicos desenvolvidos ao longo do último século.

Existem aproximadamente 600 variedades de morango no mundo. No momento de os escolher, procure morangos vermelhos, de tamanho médio, firmes e secos, pois à partida são mais saborosos. Os de produção biológica são apontados como sendo os melhores. Mantenha os cálices verdes enquanto conservar os frutos no frigorífico, idealmente até três dias na sua embalagem original, retirando-os apenas depois de lavados.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.