Eis as dicas da ZERO para distribuir presentes por toda a família e pelos amigos e ainda assim dormir com a sua consciência ambiental tranquila.

Numa altura em que a crise económica causada pela pandemia, já produz estragos de monta, existe muita gente com grandes problemas económicos dela resultantes que regista uma diminuição da disponibilidade financeira para fazer compras nesta época.

Por isso, vamos partilhar algumas ideias que podem ajudar a diminuir os resíduos e o desperdício, independentemente do orçamento disponível.

Use os 7 Rs para sustentar as suas escolhas:

1. Recusar

Recuse os materiais que são danosos para o ambiente. Em vez de plástico e do poliéster, selecione materiais mais amigos do ambiente, mais naturais, mais sustentáveis, de preferência reutilizáveis, como sejam a madeira e o vime, o linho, o algodão orgânico, o vidro.

Recuse tudo o que não é saudável. Falando de comida esqueça tudo o que é excessivamente processado, que contenha corantes e conservantes, tudo o que tenha excesso de açúcar e que tenha uma pegada elevada em termos de Km.

Se ainda assim quiser oferecer algo doce, então prefira produtos caseiros e doces tradicionais.

Recuse prendas sem utilidade, não dê só por dar. Pense em algo útil, que tenha a certeza que vai ser utilizado e que seja saudável.

2. Reduzir

Para crianças pequenas, ofereça menos quantidade, mas associe uma recordação a cada uma delas.

As memórias perduram sempre mais do que um brinquedo. Se tiver miúdos pequenos, e quiser oferecer um livro, aproveite para ler a história em família.

Nas vésperas, tire um dia e vá para a cozinha e faça bolos e bolachas com eles. Já que este ano não podem estar com a família alargada, podem oferecer compotas, bolos ou bolachas, feitos por eles.

Faça as decorações em família com materiais reutilizados ou objetos que são importantes para eles, como o brinquedo favorito que se partiu.

3. Repensar

Esta é uma boa altura para repensar e dar prendas que chamem a atenção para os problemas do ambiente.

Já que normalmente no Natal, grande parte das prendas são dirigidas às crianças, prefira brinquedos em madeira, brinquedos antigos restaurados, brinquedos didáticos em materiais sustentáveis.

Ofereça árvores, para que a família se junte e as plante em conjunto e as crianças possam acompanhar o seu crescimento. Escolha livros que despertem as consciências para a temática do ambiente e do mundo natural.

Em época de crise, ofereça responsabilidade social. Ajude setores que são, à partida, os mais afetados, como é o caso da cultura. Ofereça bilhetes para o teatro, música ou humor. Se for mais abonado ofereça peças de arte.

As ONGs são fundamentais para salvaguardar o Meio Ambiente. Existem muitas, escolha a sua favorita e ofereça cartões de associado. Estará a ajudar a garantir que elas continuam a lutar pela qualidade de vida de todos nós.

Ofereça passeios pela natureza com guia, workshops sobre cogumelos selvagens, alimentação saudável ou técnicas artesanais tradicionais. Ofereça o apadrinhamento de um animal, para ajudar os centros de recuperação de animais selvagens.

Nesta altura de grande aflição para os pequenos produtores, que tal incentivar o consumo de produtos nacionais e locais comprados diretamente ao produtor?

Tem uma escolha variadíssima entre vinhos, azeites, queijos, licores, compotas, frutos secos, chás, especiarias, cabazes de hortícolas ou simplesmente fruta fresca… e entregam-lhe em casa.

E porque não oferecer produtos mais “alternativos” que podem levar a uma alteração de comportamentos e são ao mesmo tempo prendas originais?

Ofereça lufas para substituir as espojas plásticas da cozinha, pastas de dentes sólidas em embalagens de vidro, panos embebidos em cera de abelha para substituir o filme plástico, produtos de higiene sólidos, como sabonetes, champôs e amaciadores, toalhetes para limpeza da pele em algodão biológico, laváveis e reutilizáveis ou sacos de pano de algodão personalizados para separar os legumes e a fruta nas compras.

Estará a incentivar a redução do desperdício de embalagens e a utilização de produtos mais naturais.

4. Reparar

Reparar não é só para aparelhos elétricos ou eletrónicos. Pode aplicar-se a qualquer objeto, seja têxtil ou mobiliário, passível de ser reparado.

E que tal oferecer o arranjo da gaveta da cómoda favorita da sua tia? Ou o arranjo do casaco que ficou demasiado largo?

5. Reutilizar

O vidro é um material maravilhoso, em particular, na alimentação. Vá guardando os frascos de vidro que lhe forem surgindo no dia-a-dia e use-os para oferecer compotas feitas por si ou encha-os com produtos nacionais adquiridos diretamente ao produtor como frutos secos, chás, especiarias, fruta desidratada e mercearia variada.

6. Reintegrar

Ofereça um compostor ao amigo que gostava de fazer compostagem, mas acha que não é possível porque vive num apartamento. A ZERO disponibiliza um curso gratuito online e oferece um manual. É altura de ajudar o seu amigo a experimentar.

7. Reciclar

Para quem gosta e tem jeito para artes manuais, porque não aproveitar materiais que de outro modo iria deitar para o lixo? Tem milhentas ideias no Pinterest. E ofereça prendas únicas, originais e valiosas gastando pouco dinheiro.

Se precisar de mais dicas, veja o Meia Hora de Bom Ambiente sobre Prendas de Natal e sobre Embrulhos de Natal Sustentáveis em ZERO - Associação Sistema Terrestre Sustentável – vídeos, no Facebook. E tenha um Bom Natal, Original e Sustentável.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.