José Mata juntou-se à dezena - senão centenas -, de artista que fizeram questão de prestar a sua homenagem a Maria João Abreu. A atriz, de 57 anos, morreu hoje, dia 13 de maio, após ter estado 13 dias internada no Hospital Garcia de Horta após sofrer dois aneurismas.

"Atriz. Mãe. Avó. Amiga. Mulher.
Curandeira do Mundo.
Maria João, cuidadora de todos.
Monstro de Palco. Rainha do Plateau.
Cantora do Amor e de todas as cantigas bonitas deste Mundo.
Riso inconfundível. Choro fácil.
Emoção na pele e coração na boca.
Poetisa das emoções. Dona do melhor abraço do mundo.
Sem vergonha de Amar com intensidade. Personificação do Amor", escreveu na sua conta de Instagram.

"E tanto que me deste. Tanto que aprendi. Tanto. No Teatro e na Televisão. Na vida. Que privilégio, João. Que privilégio ser Amigo da Maior do Mundo", continua.

"Agarro-te pela mão com a mesma força com que sempre me abraçaste.
E recuso-me a despedir-me de ti. Porque sei que continuarás SEMPRE entre nós. Cuidaremos do teus. Cuidarás de nós", completa, mandando uma abraço sentido à família da artista.

Leia Também: "Nada na TV hoje faria sentido a não ser falar da Maria João Abreu"

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.