Agir mostrou a sua indignação através das redes sociais na sequência de situações a que tem vindo a assistir e às quais não consegue ficar indiferente.

Nas stories da sua conta de Instagram, o músico escreveu:

"Este país, onde um homem que bate e arrasta a mulher pelo chão é ilibado, mesmo quando a juíza diz que há provas, é também o país onde se chama a polícia por um casal homossexual, de duas mulheres, estar simplesmente a existir num jardim. Enfim".

Posteriormente, partilhou o vídeo que segundo o próprio retrata a situação, que poderá ver na galeria.

Notícias ao Minuto

Mensagem deixada pelo músico na sua conta de Instagram© Instagram - Agir

Mais à frente, não deixou igualmente de partilhar a publicação do ator Manuel Moreira, que denunciou uma série de ataques homofóbicos que de que tem vindo a ser vítima por parte de um grupo de jovens.

Leia Também: Manuel Moreira partilha vídeo de ataques homofóbicos de que foi vítima

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.