O caso aconteceu no Agrupamento de Escolas Cardoso Lopes, na Amadora, onde os alunos foram avisados à entrada do estabelecimento de ensino sobre que tipo de vestuário poderiam e não poderiam usar. O aviso, com desenhos ilustrativos, não deixava margem para dúvidas.

Foi esse aviso que uma mãe fotografou e que foi partilhado nas redes sociais pela cantora Sónia Tavares, vocalista dos The Gift.

"Eu, em 1993, ia para a secundária vestida de Luís XV, de canudos no cabelo, sapato de fivela, folhos e calções e nunca a minha individualidade foi posta em questão por qualquer professor ou docente, só um ou outro parvo da turma, como sempre, é que mandava uma boca. E aí??? Estou maluca, ou estamos verdadeiramente a andar para trás?", perguntou a artista.

Outras figuras públicas comentaram a publicação, lamentando também o facto de existirem mais restrições quanto às peças de roupa que as raparigas poderiam vestir.

A cantora Márcia comentou: "E só há regras para meninas. Isto é inacreditável".

Também a locutora Ana Markl comentou: "Não posso crer". Já o modelo Luís Borges ironizou: "Vou ter de dar toda a roupa da minha filha".

Segundo a TVI24, o agrupamento de escolas retirou o aviso e informou que iria rever o regulamento interno do estabelecimento de ensino em breve. A nova direção da escola, que tomou posse em agosto, não quis comentar o caso.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.