No dia em que abriu a modalidade `casa aberta´ para as pessoas com 80 ou mais anos, 42.900 idosos receberam a vacina contra a gripe e 33.600 a dose de reforço contra a covid-19, num total de 76.500 inoculações, adiantou o departamento de Graça Freitas em comunicado.

Segundo a DGS, na segunda-feira, dia em que também ficou disponível o autoagendamento das vacinas para pessoas com 70 ou mais anos, foram registados mais de 23.800 pedidos de marcação `online´ nas primeiras 24 horas.

São elegíveis para receberem a dose de reforço contra a covid-19 as pessoas com idade igual ou superior a 65 anos, que não tenham tido a infeção pelo SARS-CoV-2 e que tenham a vacinação completa há pelo menos 180 dias.

De acordo com a DGS, continua também a decorrer a convocação dos utentes através de mensagem (SMS) para a toma em simultâneo da vacina contra a gripe e contra a covid-19 ou apenas contra a gripe, nos casos das pessoas que não são elegíveis para a terceira dose contra a covid-19.

A direção-geral alertou ainda que os utentes com 80 ou mais anos que tencionam dirigir-se a um centro de vacinação devem consultar o horário da modalidade de `casa aberta´ do centro da sua área de residência.

“Os centros de vacinação estão a trabalhar para que o processo seja fluído e célere, mesmo em períodos de maior afluência, apelando à melhor compreensão dos utentes”, assegurou ainda o comunicado.

Segundo os dados hoje divulgados, 86,2% da população tem a vacinação completa contra a covid-19 e cerca de 388 mil já receberam a terceira dose ou a dose adicional da vacina contra o SARS-CoV-2.

De acordo com a DGS, foram ainda administradas 873 mil vacinas contra a gripe, 287 mil das quais em farmácias, e 245 mil em coadministração com a da covid-19.

A covid-19 provocou pelo menos 5.053.909 mortes em todo o mundo, entre mais de 250,23 milhões infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 18.217 pessoas e foram contabilizados 1.099.307 casos de infeção, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.