Tal como a pele, o novo site está dividido em camadas e, através de testemunhos de doentes, mostra as várias vivências da psoríase. Desde pacientes que, atualmente, estão livres de lesões a doentes em que as lesões ocupam a maioria do corpo com fortes implicações na qualidade de vida e convivência social.

O site ‘Na tua pele’ está alojado na página da revista Sábado, e pretende acabar com todas as dúvidas sobre o que é, de facto, a psoríase, traçando um perfil da doença e das suas múltiplas dimensões.

A psoríase é uma doença que ainda gera várias dúvidas e muitos preconceitos na sociedade. Por ser uma doença de pele, é visível, mas muitas vezes não é entendida.

O principal mito que persiste é a desconfiança de se tratar de uma doença contagiosa, o que aumenta o estigma em relação aos doentes psoriáticos. Esta patologia é ainda considerada uma doença de pele, relegando-se a sua correlação com vários sistemas e as suas implicações e comorbilidades.

A importância de um diagnóstico precoce, os tratamentos, mas também os efeitos psicológicos que a doença, crónica, pode ter nos vários pacientes são relatados na primeira pessoa, para que cada um possa sentir na pele como é viver com psoríase e o impacto social que a doença tem.

Numa segunda camada, conhecer na pele, traça-se um perfil completo de todas as múltiplas valências da psoríase. Através de um chat, os utilizadores têm oportunidade de ver cada pergunta respondida por um médico especialista. Seis dermatologistas colaboraram nesta secção, para que as respostas sejam o mais completas possíveis às dúvidas que possam existir.

A última camada do site debruça-se sobre os efeitos psicológicos da psoríase, bem como a importância de haver um acompanhamento holístico e multidisciplinar da doença.

Para Filipa Mota e Costa, diretora-geral da Janssen Portugal, o propósito da marca com este projeto “vai além do medicamento, para informar, esclarecer, desfazer mitos e lembrar a todos a importância de se procurar um dermatologista aos primeiros sinais”.

A parceria com a Cofina tem como objetivo “desafiar a sociedade a estar na pele destas pessoas e a perceber mais sobre esta doença que, com acompanhamento médico e a terapêutica adequada, pode ser controlada e levar a uma pele livre de lesões e a melhor qualidade de vida”, uma vez que “a psoríase tem um impacto enorme na vida dos doentes, inclusive a nível social e económico”, sublinha.

O projeto Na Tua Pele visa ajudar os doentes psoriáticos, mas também criar um maior conhecimento em todos os leitores. A Boost Content destaca, no projeto, “a preocupação em transmitir, em várias dimensões, aquilo que é a psoríase para o leitor. Todo o site é pensado e desenvolvido de forma que quem o lê se consiga pôr na pele dos doentes psoriáticos”.

“A imersão nas várias camadas da doença, quer seja com testemunhos na primeira pessoa, quer com o cunho de especialistas, traz para público uma vivência mais pessoal, que treina a empatia, mas também um conhecimento mais aprofundado, que serve o propósito de acabar com os estigmas e os preconceitos normalmente associados a doenças de pele”, conclui Joana Guimarães, editora do projeto.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.