Fazer da moda sustentável o novo normal é uma ambição que a C&A, fundada em 1881, em Sneak, nos Países Baixos, assumiu publicamente e que continua a materializar nas novas propostas que desenvolve e comercializa. À semelhança do que sucede com a coleção de primavera/verão 2022, agora disponível online e nas lojas físicas da insígnia, também as novidades de outono/inverno 2022/23 da marca de vestuário neerlandesa voltam a surpreender pela estética e pela consciência.

Tom Ford faz acordo com Adrian Grenier e lança concurso para encontrar alternativas que reduzam a utilização de plástico
Tom Ford faz acordo com Adrian Grenier e lança concurso para encontrar alternativas que reduzam a utilização de plástico
Ver artigo

A etiqueta não abdica de matérias-primas mais ecológicas nem de métodos de produção mais amigos do ambiente sem beliscar o conforto e a elegância e as propostas para a próxima estação são a prova disso. "A C&A pretende afirmar-se como uma marca cada vez mais moderna e sofisticada e, para as coleções femininas da nova temporada, desenvolveu básicos aprimorados, roupa de trabalho casual chic e peças versáteis que podem ser facilmente adaptadas de visuais de dia para looks noturnos", revela a marca de vestuário no comunicado de imprensa de apresentação da nova coleção, revelada publicamente no fim de abril em Viena, em Áustria.

Everyday Chic, New Way of Working, Indoor Chic e Night Dressing são os nomes das novas linhas que a C&A começa a lançar no final do verão. "Para além de peças em tecidos como a caxemira e o bouclé, integram uma panóplia de cores que vai dos tons neutros sofisticados às tonalidades mais coloridas, como o azul safira, o verde esmeralda e o rosa fúchsia", refere ainda o documento. As novidades não se ficam, no entanto, por aqui. A ganga é outra das apostas fortes da nova coleção.

C&A aposta na sofisticação para o outono/inverno 2022/23 com tecidos reciclados e/ou reaproveitados

"A Autumn/Winter'22 Denim Collection é inspirada em todas as ligações com a natureza. A nossa equipa de design criou uma linha [unissexo] pensada para unir as pessoas, sem estereótipos de género ou raça, que promove a aceitação, a inclusão, o respeito e o amor. Esses são os princípios que norteiam a linha The Unisex", esclarece a marca. A sustentabilidade ambiental continua presente nos métodos de produção que a etiqueta de moda europeia tem vindo a adotar nos últimos anos.

"Este vestuário foi criado com o máximo de respeito pela natureza, usando pouca água, poucos químicos, matérias-primas recicladas da C&A FIT [sigla de Factory for Innovations in the Textile Industry, unidade de produção que a empresa abriu em Mönchengladbach, na Alemanha, no outono de 2021] e materiais com a certificação C2C [Cradle to Cradle, atribuída a produtos seguros, produzidos de forma responsável, que promovem a economia circular]", esclarece ainda a companhia.

"Para ambos os géneros, a C&A propõe também The Relaxed. Para as mulheres, os nossos designers criaram The High Loose. Os nossos materiais favoritos da estação são a ganga 100% reciclada e os tecidos turcos de alta qualidade que utilizam sobras de algodão, algumas delas reaproveitadas de restos de coleções anteriores", refere ainda a empresa. Na Clockhouse, etiqueta da C&A desenvolvida para um segmento mais jovem, são três as novas e irreverentes coleções de moda.

C&A aposta na sofisticação para o outono/inverno 2022/23 com tecidos reciclados e/ou reaproveitados

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.