O governo polaco calcula a presença de 3.000 e 4.000 migrantes, muitos deles curdos iraquianos, acampados ao longo da fronteira. Apesar das temperaturas glaciares, estão bloqueados entre a pressão das forças bielorrussas e a contenção dos soldados poloneses.

A União Europeia (UE) acusa a Bielorrúsia de ter orquestrado o fluxo de migrantes nas suas fronteiras com a Polónia e a Lituânia como uma forma de vingança pelas sanções impostas, o que é negado por Minsk e pela sua aliada Moscovo.

Desde a semana passada, a passagem de fronteira de Bruzgi-Kuznica, na região leste da UE, é cenário de um confronto, com centenas de migrantes aglomerados.

O que é o gás lacrimogéneo?

Gás lacrimogéneo é o nome de uma substância química que não é um gás, mas sim um pó fino disperso por spray ou aerossol. Foi utilizado pela primeira vez na Primeira Guerra Mundial, mas desde 1993 o seu uso é proibido em guerras segundo a Convenção sobre as Armas Químicas.

No entanto, é utilizado pelos exércitos e polícias de todo o mundo para o controlo de confrontos civis.

O composto químico mais utilizado é o clorobenzilideno-malonitrilo, conhecido como CS.

Irrita as mucosas dos olhos, nariz, boca e pulmões e causa sensação de ardor. Provoca tosse, choro, espirros, desorientação, cegueira temporária e dificuldade em respirar. Pode também queimar a pele.

Veja o vídeo

O vídeo apresentado é um produto da agência de notícias France-Presse e está narrado em português do Brasil.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.